No último sábado, o reality show mais amado e odiado da televisão completou 10 anos. Nada de Big Brother ou Masterchef, quem continua sendo talvez o reality de maior influência hoje depois de 10 anos de existência é o “Keeping up with the Kardashians”.

Alguns vêem o programa que acompanha a vida das irmãs Kardashian-Jenner um poço sem fundo de futilidade. Outros vêem no reality que já originou outros 10 programas uma ideia genial e não conseguem parar de assistir. O fato é que ninguém permanece indiferente à vida de Kim, Khloé, Kris, Kendall, Kylie, Kourtney, Caitlyn e Rob. Mesmo quem nunca assistiu ao programa não fica longe da família que fatura nada menos que 80 milhões de dólares por mês apenas com a sua imagem.

Seja acompanhando nas redes sociais, usando as maquiagens de Kylie ou Kim, vendo os desfiles de Kendall, vendo as polêmicas sobre da transição de Caitlyn, ouvindo as músicas Kanye, acompanhando as brigas de toda a família com as celebridades ou mesmo falando mal de todas elas: todos são impactados de alguma forma por esta família.

A moda também não passou impune. Várias tendências que são a cara dos anos 2010s foram lançadas pelas Kardashians. A proliferação de meninas que se inspiram nas selfies de Kim nas redes sociais compor seus looks são uma prova disso. Por isso, nada mais justo que listar as principais contribuições desta família para o mundo fashion.

Khloe e a diversidade na loja de departamentos

Khloé é uma grande entusiasta da vida fitness, tanto é que comanda o reality “Revange Body with Khloé Kardashian”, um programa que faz pessoas comuns emagrecerem para se vingarem de pessoas que as constrangeram no passado. Mas não é por isso que ela discrimina quem se decide por ser feliz com corpos mais gordinhos. Sua marca de jeans “Good American” não apenas produz calças plus size, mas em sua última coleção em parceria com a loja de departamentos Nordstrom ela pediu que não houvesse separação entre a sessão que vende os jeans plus size e a que vende os tamanhos menores para realmente celebrar todos os tipos de corpos

Kendall um dos rostos da sua geração

Como nós já falamos aqui, Kendall Jenner está se tornando uma das maiores modelos de sua geração. Quando desfilou pela primeira vez pela Victoria’s Secret, a mídia dizia que Kendall só conseguira um lugar no casting da marca por ser membro da família Kardashian-Jenner. Se no início isso era verdade ou não nós nunca saberemos, mas o fato é que a cada dia ela se distancia mais da sombra de suas irmãs e é uma das modelos mais requisitadas pelas grifes. Até hoje ela já desfilou pela marcas como Marc Jacobs, Chanel, Tommy Hilfger, Givenchy e Moschino.

Kardashians e Balmain

Se as Kardashians fossem uma grife fashion seriam a Balmain. O estilista da marca, Oliver Rousteing, é BFF de Kim Kardashian e isso não é segredo para ninguém. O designer já virou até personagem no game app de Kim. Kendall já desfilou para a marca e até Kanye já posou para a Balmain. Várias outras celebridades como Jered Leto e Rihanna já foram vestidas por Rousteing, mas só Kim é a sua musa. A marca sempre foi conceituada no mundo da moda, mas sem dúvidas as Kardashians ajudaram a aumentar sua popularidade.

Kanye e a Yezzy

Kanye é um dos maiores rappers do mundo e isso não tem como negar. E hoje é também um dos maiores estilistas da cultura hip-hop. Casacos over-sized e blusas rasgadas só ganharam status de cool depois de Kanye desenhá-las e sua família vesti-las. Pode-se dizer que o fato da cultura hip-hop ter entrado de vez no mundo da moda muito se deveu ao marido de Kim Kardashian e à sua grife.

Kardashians, preto e nude

É claro que as Kardashians não inventaram o nude e muito menos o preto. Mas se saímos do hype do rosa-shocking e das cores vibrantes muito se deve à essa família. Principalmente depois de Kanye entrar na família, a cartela de cores neutras, não só o preto e o nude mas também o branco e tons mais fechados de marrom e verde, passou a imperar no guarda-roupas de todas elas e depois de imperar no closet delas passou a imperar também no nosso!

Essas tendências lançadas ou impulsionadas pela família mais assistida do mundo são só no mundo da moda. Dentro do mundo da beleza as tendências lançadas pelas irmãs são outras tantas: os lábios  cheios de Kylie, o cabelo à la Cher (ou à la Simaria se preferir) de Kim, as perucas de Kylie, o contorno do rosto de Kim e é claro, as intervenções cirúrgicas na maioria delas. Goste ou deteste é tarde demais: você já foi impactado pelas Kardashians.