Confira cinco maneiras para se organizar e realmente fazer dinheiro com o seu trabalho no ramo musical:

1 – Fazer dinheiro com seu conhecimento e experiência

Dê aulas em casa, por skype, grave vídeos-aulas, pense fora da caixa. Produza outros artistas, grave para outros artistas.

Se você já toca há um tempo certamente tem uma experiência musical, então rentabilize com esta experiência adquirida.

2 – Produtos de merchandise

Muitos artistas passam despercebidos com essa modalidade de receita financeira: os produtos de merchandise. Hoje em dia, o seu álbum físico, por exemplo, praticamente virou um produto de merchandise, as pessoas quase não compram música em uma mídia física, então porque não transformar seu álbum em um produto com uma embalagem única?

As pessoas compram camisetas para se lembrarem da experiência que foi assistir o show de um artista, cada vez que ele usa uma camiseta do seu artista preferido, ele se lembra do show, do disco, da música, porque ele quer manter esta experiência viva o maior tempo possível na sua vida cotidiana, o negócio é que música é experiência, e quanto mais única e inusitada melhor!

3 – Vendas digitais

iTunes, Amazon, Tune Core, CDBaby, One RPM, BeatPort….

Todas essas são conhecidas é bem óbvias, mas alguns artistas acabam colocando toda a sua obra para download gratuito, porque não dar algumas músicas e comercializar outras? Em algumas plataformas você pode até aceitar doações, as pessoas pagam o quanto acham que deveriam contribuir para você continuar fazendo a sua arte.

4 – Direitos autorais

Todos os músicos sabem que existem os direitos autorais, mas uma boa parte não sabe exatamente como rentabilizar com esses direitos.

O primeiro e principal passo é estar associado a uma sociedade de direitos autorais, para recolhimento de execução pública das suas músicas em rádio, shows, TV, Cinema, Internet, publicidade, filmes institucionais, etc., e que preferencialmente tenham acordos com as sociedades internacionais como; ASCAP, SOCAN, BMI, Sound Exchange, as chamadas PRO.

Uma outra forma que passa despercebida é o Youtube Content ID, ele  gera receita de suas músicas veiculadas no YouTube, e se forem sincronizadas em outros vídeos veiculados no YouTube você também recebe receita de direitos autorais.

5- Fan Club Virtual

Construa seu fã clube virtual também, além do seu fã clube off line, e faça uso de plataformas como: Patreon, Bandcamp, Sites, Facebook Groups etc para gerar receitas para produção de seus novos trabalhos, organizar shows em outras cidades, Crowdfunding etc.

Por Claudio Girardi