O 3R (Reduzir, Reutilizar e Reciclar) na arquitetura

O “Ecoark”, inaugurado em 2010, na cidade de Taipei, Taiwan (Uma ilha da República da China), foi projetado pelo arquiteto Arthur Huang para ocupar uma área de 2.186 m², com 28 m de altura e construído com cerca de 1,5 milhão de “Polli-Bricks”.

O projeto de Huang, diretor da empresa Miniwiz – Sustainable Energy Development, tem metade do peso de uma edificação comum e ainda é resistente aos fenômenos naturais, como terremotos, furacões e até fogo. Outro diferencial é que o “Ecoark” foi montado e pode ser, futuramente, desmontado para mudar sua localização, como uma versão do famoso “Lego”. Em seu interior há um anfiteatro, um salão de exposições e espaço para um museu distribuídos em 3 pavimentos, equivalentes a nove andares.

Os tijolos de pet, conhecidos como Polli-Bricks, são peças moldadas para permitir um perfeito encaixe entre suass células, denominados Brik-Cell. Elas são moduladas em forma de colmeia, sua estrutura é presa por uma malha metálica e uma peça de acrílico revestida de uma substância não inflamável que protege os Polli-Bricks do fogo e das tempestades.

Segundo Huand, as garrafas foram deixadas vazias, pois ele considera o ar como o melhor isolamento térmico, são capazes de deixar a luz passar e reduz a utilização de iluminação artificial.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fontes: SustentArqui  e Condomínios Verdes