O mundo fashion, assim como todo mercado, possui alguns nomes mais influentes que outros.  Entre tantas pessoas importantes, a moda conta com mulheres que se esforçaram e trabalharam duro para se tornarem grandes referências dentro do universo em que atuam. Essa lista, conta com mulheres de diferentes áreas. Abrange desde aquelas que trabalham nos “bastidores” como vice-presidentes, designers, até aquelas que tendem a  aparecer um pouco mais na frente das câmeras, no caso das modelos e das blogueiras. Algumas até extrapolam o universo da moda e entram em questões sociais, criando programas e fundações. Todas, cada uma de sua maneira, têm grande importância no cenário da moda atual.

Linda Fargo

Linda Fargo é a vice-presidente da Bergdorf Goodman, uma das maiores lojas de luxo do mundo, localizada em Nova York. Seu trabalho é ficar de olho nas principais tendências do momento e decidir o que será vendido na loja. Por isso, Linda está sempre sentada na primeira fila dos principais desfiles pelo mundo. Além disso, ela também é a responsável por cuidar das vitrines das lojas.

Diane von Furstenberg

Diane saiu do cargo de princesa e passou a ser rainha da moda por trás do icônico vestido envelope. Talvez ela seja um dos nomes mais conhecidos dentro mundo da moda.  A designer já  foi considerada pela revista TIME uma das pessoas mais influentes do mercado fashion. Diane, além de construir sua própria marca, também criou a Fundação da Família Diller-von Furstenberg (DVFFF). Anualmente, a fundação realiza o DVF Awards, que premia mulheres que realizam trabalhos e transformam a vida de outras mulheres.

Sarah Rutson

Sarah era a vice-presidente de um site referência quando se trata de e-commerce, o Net-a-Porter. Depois, foi contratada pela The Collected Group, formado para trabalhar como designer, distribuidor e com o varejo das marcas Joie, Current/Elliott e Equipment, para trabalhar no rebranding e ajudar na expansão do grupo.

Sophia Amoruso

Depois que sua história foi contada pela série Girlboss, disponível no Netflix, muito se comentou sobre ela. Com apenas 22 anos, lançou a Nasty Gal, que começou como uma loja no eBay. Certamente, ela é um prodígio na moda. Além de trabalhar com o site, Sophia escreveu o livro #Girlboss, que inspirou a série. Nele, ela conta sua trajetória e incentiva mulheres a procurarem seu lugar no mundo.

Karlie Kloss

Karlie já mostrou que ser modelo é apenas um de seus trabalhos. Já subiu nas passarelas como Angel da Victoria’s Secret e apareceu em diversas capas de revista. Além disso, ela criou o Kode with Klossy, que oferece a chance para garotas adolescentes estudarem programação. O programa tem como missão incentivar e empoderar as garotas, para que assim, elas se sintam motivadas a se tornarem líderes.

Blair Eadie

Para começar a falar das blogueiras, escolhemos Blair Eadie. Enquanto trabalhava com merchandising em uma loja de departamento, descobriu o fenômeno dos blogs, se encantou e decidiu criar o seu, o Atlantic-Pacific. Hoje em dia, seu blog possui diversos seguidores, e ela conta com um milhão de pessoas a acompanhando pelo Instagram. Além de influenciar tanta gente, Blair também se tornou diretora de merchandising da Tory Burch, em Nova York.

Chiara Ferragni

Chiara está quase sempre no topo quando se trata das listas de “blogueiras mais influentes”que vemos por aí. O The Blonde Salad conta com milhares de seguidores, assim como suas redes sociais, um número que segue crescendo exponencialmente. O blog se baseia no conceito see now, buy now. Quando um leitor gosta de uma peça que é mostrada, ele pode a encomendar ali mesmo. Aproveitando o grande sucesso, a blogueira lançou seu próprio e-commerce, com sua marca de acessórios e roupas. Além disso, conta com diversas parcerias com marcas de luxo.