O verão finalmente chegou! Época de curtir as férias, aproveitar o sol, aquelas chuvas refrescantes, tomar sorvete, tomar banho de piscina e conhecer muitas praias. Boa parte das pessoas aproveitam essa época do ano para curtirem as mais belas praias que o nosso país tem. De norte a sul do Brasil temos milhares de opções, praias famosas, escondidas, desertas, de rio, de mar, em ilhas, em cidades grandes, em vilarejos e assim por diante. Sendo assim, vamos nos dedicar nas próximas semanas a apresentar algumas praias que precisamos conhecer.

Nesse primeiro post contamos com a ajuda da família Cordeiro para as primeiras dicas. Pai, mãe e filha já moraram em diversos lugares do país e por causa do trabalho, também visitaram muitas cidades com ótimas opções de praia.  São várias opções de mar, areia, ondas, sol e muita beleza natural e aqui estão as melhores dicas deles.

Praia de Pipa – RN

A bióloga Tábata de 29 anos atualmente mora em Ribeirão Preto, uma cidade no interior de São Paulo que não tem praia. Mas o tempo em que ela morou no Nordeste foi perfeito para conhecer praias incríveis. Uma que ela indica é a Praia de Pipa no litoral do Rio Grande do Norte, que fica a 85 quilômetros da capital, Natal. Pipa é muito visitada por surfistas e possui duas partes, uma grande piscina natural e depois das pedras, mais ao fundo, ondas enormes se formam e impressionam, por isso o lugar atrai turistas de todas a idades, porque é possível aproveitar a tranquilidade ou aventura de uma praia.

A família aproveitou o tempo em que esteve distante de sua terra natal, o Rio de Janeiro e aproveitaram os dias do Carnaval para conhecer algumas cidades do Nordeste. Uma delas foi João Pessoa, a capital da Paraíba e lá dona Zélia Regina conheceu uma das praias que mais a encantou na vida, a praia de Tambaú. Classificada como uma praia urbana, Tambaú é muito bem localizada, tem um mar tranquilo e com pequenas ondas, um belo calçadão e uma feirinha para fazer comprinhas artesanais. Ideal para a matriarca da família que não sabe nadar e gosta da tranquilidade de uma praia próxima ao centro.

Já o engenheiro Antonio Paulo, o pai da família, e o principal responsável pela mudança de território dos Cordeiro, se apaixonou por Canoa Quebrada no Ceará. Em umas das viagens que ele fez ao estado por causa do trabalho, ele e outros colegas resolveram aproveitar um fim de semana e conhecer esse lugar incrível. Localizada no município de Aracati, a praia atrai milhares de turistas e encanta por sua água cristalina e seu relevo arenoso que com a ação do vento e da água faz “esculturas” naturais encantadoras. Apesar de muito conhecida atualmente, Canoa Quebrada também possui trechos de praias desertas e paradisíacas preservadas e que podem encantar ainda mais os visitantes.

Porto da Barra, Salvador – BA

“Assim como a minha família, eu também aproveitei bastante as praias belíssimas durante os oito anos em que morei no Nordeste. Sim, exatamente, eu sou a caçula dessa família e não poderia deixar de dar a minha dica. Foram muitos os lugares que conhecemos, mas a que mais fui e adorava passar um tempo era o Porto da Barra em Salvador na Bahia. Uma praia urbana que não ficava muito distante do centro da cidade, de fácil acesso e sempre movimentada, mas nunca tão lotada a ponto de não conseguir um bom espaço na areia. O mar não tinha ondas, parecia uma grande piscina de água salgada, e como eu sempre gostava de nadar, era ideal para se exercitar enquanto aproveitava o sol e a brisa. Outra vantagem do lugar era o fato de muitos barcos de pequenos porte ficarem atracados enquanto não estavam pescando em uma parte mais distante, então era possível nadar até um desses barquinhos e ficar um tempo neles.” – Tami

Passar alguns anos morando no Nordeste tem inúmeras vantagens e com certeza uma delas são as praias. Lugares belos, agradáveis, receptivos, únicos. As praias da região possuem águas refrescantes e em temperaturas ambientes, diferente das geladas águas das praias cariocas, lugar onde a família Cordeiro nasceu. O clima também é sempre muito agradável e os ventos dão uma sensação de calor bem mais baixa e por isso não é possível sentir o quanto estamos “queimando” na praia. As paisagens são lindas e devem ser visitadas sempre. Quando me perguntam uma das coisas que sinto mais falta de lá não penso muito ao colocar as praias na lista.