Em “Um Filme de Cinema”, o diretor Walter Carvalho conversa com cineastas consagrados mundialmente — Hector Babenco, Julio Bressane, Andrzej Wajda, Ruy Guerra, Ken Loach, Béla Tarr, Gus Van Sant, Jia Zhangke, Lucrécia Martel, entre outros. O longa acaba de ganhar trailer oficial e a estreia nos cinemas está marcada para 24 de agosto.

“O documentário é uma reflexão sobre a construção e a linguagem cinematográfica. Eu queria entender um pouco mais sobre cinema e sobre o que eu estava fazendo como cineasta”, explica Carvalho.

“A princípio entrevistei os diretores com os quais estava trabalhando e depois parti para os que admiro e que tive oportunidade de encontrar.” complementa.

Os encontros e as conversas aconteceram ao longo de 14 anos. Na tela, os diretores discorrem sobre a narrativas dos filmes,  sobre planos longos, o ritmo, o som, o espaço e o tempo.  Alguns chegam abordar questões  questões teóricas e filosóficas que envolvem seu ofício tais como: o cineasta faz o filme, ou o filme faz o cineasta?

Além dos depoimentos de diretores, o documentário traz uma conversa do escritor Ariano Suassuna contando sua relação com o cinema na infância, e um encontro com o ator italiano Salvatore Cascio, revisitando locações do clássico Cinema Paradiso (1988).

Com fotografia de Lula Carvalho e Pablo Baião, foi o longa de abertura do 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro e foi exibido Hors Concours no 17º Festival do Rio, em 2015.

Sinopse:

As ruínas do Cine Continental, abandonado em pleno sertão da Paraíba, servem como ponto de partida para um filme sobre o cinema, com depoimentos de Ariano Suassuna sobre as incríveis histórias de sua memória de menino nos cinemas das cidades do interior, e de realizadores como Hector Babenco, Julio Bressane, Andrew Wajda, Vilmos Zsigmond, Ruy Guerra, Ken Loach, Béla Tarr, Gus Van Sant, Jia Zhangke, entre outros, respondendo a perguntas como: Por que você faz cinema e pra que serve o cinema?