Faltam poucos dias para o início do inverno e para muitos é a melhor estação do ano. Afinal, o frio e todos os elementos dessa época são muito aguardados durante o ano. Usar roupas de frio como casacos, cachecóis, luvas, botas; degustar de comidas típicas da estação como fondues, chocolates, vinhos, caldos e sopas e, claro, viajar para lugares frios e aproveitar intensamente os próximos meses.

Muitos locais não tem um inverno tão rigoroso como os amantes desta época queriam, então nada melhor do que fugir em busca de baixas temperaturas. Melhor ainda é fazer isso quando pode-se aproveitar tudo o que foi citado anteriormente em um único lugar e em uma grande festa. Que tal viajar para região serrana do Rio de Janeiro e curtir um evento tipicamente alemão?

Petrópolis é uma cidade localizada na região Serra Verde Imperial no estado do Rio de Janeiro, possui mais de 300 mil habitantes e tem um clima completamente diferente da capital fluminense, que costuma ser calor na maior parte do ano e não possui um inverno rigoroso. Sendo assim, muitos turistas procuram a cidade serrana para aproveitar a estação.

Além de ser uma cidade imperial, pois D. Pedro I e D. Pedro II possuíam residências no local, ela também é considerada uma colônia alemã. No século XIX chegaram os primeiros alemães a Petrópolis e desde então a cidade é cercada por tradições germânicas. Não é à toa que existe um feriado municipal chamado de Dia da Chegada dos Primeiros Colonos Alemães a Petrópolis, comemorado oficialmente no dia 29 de junho.

Com esse gancho, em 1983 foi criado o “Festival Germânico” que tinha como objetivo cultivar as tradições e culturas alemães na cidade, e que tinha a duração de 3 dias. O festival acontecia aos redores do Palácio de Cristal, onde está localizado o cruzeiro que marca a chegada do povo germânico. Em 1989 foi dado o nome de Bauernfest a esse evento e em 1990 foi estabelecida uma parceria entre a prefeitura e os organizadores para que se tornasse uma grande atração da cidade.

Nos primeiros anos do evento, os filhos e netos dos colonos organizavam pequenas quermesses em casas e barracões com música, dança e os tradicionais pratos da culinária alemã. Com a parceria entre estes e a Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, a festival se profissionalizou e ganhou proporções nacionais, se tornando o segundo maior evento de colônia alemã no Brasil, não deixando de lado as tradições e o foco principal: fazer o público conhecer a cultura germânica. O evento conta com concursos, apresentação de grupos folclóricos, desfile, jogos e, não falta, cerveja e comidas típicas da Alemanha. Atualmente a Bauernfest não dura apenas 3 dias como antigamente, e sim cerca de duas semanas. É bastante tempo para conferir tudo o que o evento a cidade serrana tem a oferecer.

Concursos

Com exceção da escolha da Rainha e Princesa da Bauernfest, todos os outros concursos acontecem durante o evento. O Concurso de Poesia tem como objetivo incentivar a prática da poesia escrita e a cada ano tem um tema diferente, o desse ano é “Origens” e a competição é subdividida em quatro categorias: Infantil (até 12 anos), Juvenil (de 13 aos 18 anos), Adulto e Adulto – Outras Cidades; as inscrições podem ser feitas até 19 de junho.

Já o concurso Chopp em Metro acontece durante todos os dias do evento e possui as categorias feminina e masculina, sendo os vencedores de cada etapa participando da grande final no último dia do evento. Segundo a jornalista Isabela Reis, é um concurso muito divertido de acompanhar. “A pessoa precisa ter coragem para participar porque é muita cerveja”. E como o próprio nome diz, vence quem terminar primeiro de tomar um chopp de um metro. Existe também a escolha do chapéu germânico mais enfeitado e a melhor Cuca, que é um tipo de bolo.

Desfile

A grande novidade da edição de 2017 será o Desfile de Luzes. Esse desfile vai procurar mostrar uma tradição alemã conhecida como Lanternenumzug (Desfile das Lanternas), que comemora o dia de São Martinho e dá início ao inverno alemão. Sendo assim, para celebrar o dia do colono das terras germânicas, no dia 29 de junho, acontecerá esse desfile com integrantes dos grupos folclóricos carregando lindas lanternas artesanais. Além disso, serão distribuídas cerca de 200 lanternas ao público que estiver assistindo e aproveitando esse desfile, acontecerá também um concurso para eleger a lanterna mais bonita e criativa.

Jogos

Todo ano existe o Bauerntennis, que é um torneio de duplas de tênis de quadra que é realizado durante o evento. As duplas são dividas em três grupos e os primeiros colocados de cada grupo recebem troféus. Além da competição de tênis que já é tradição, esse ano haverá uma novidade na parte de jogos. É a 1ª edição do Jogos Germânicos, que terão 5 modalidades: cabo de guerra, batalha, corrida com tora, carrinho de mão e pregar o prego. E tem como principal objetivo mostrar as dificuldades que os primeiros colonos tiveram ao chegarem na região de Petrópolis. Uma forma diferente de curtir o evento com toda a família.

Grupos Folclóricos

Existe em Petrópolis oito grupos folclóricos e o evento é cercado de apresentações. O grupo mais antigo surgiu em 1990, quando o festival já existia, e o mais recente foi fundado em 2001.

O Grupo Folclórico Germânico Bergstad é voltado para pesquisa e divulgação da história, cultura e tradição germânicas. Já o Bauerngruppe Danças Folclóricas Alemãs de Petrópolis, como o próprio nome diz, procura apresentar a cultura alemã através da dança. Tem também o Mosel Volkstänze de Petrópolis com foco na música tradicional da Alemanha. O Grupo de Danças Folclóricas Rheinland Pfalz também visa a dança, mas principalmente da região oeste do país alemão, de onde vieram os primeiros colonizadores; o Petrópolis Danças Folclóricas que traz a cultura folclórica de diversos povo,  Kaiserstadt Kulturkreis que trabalha com atividades como o teatro, a culinária, música e a dança folclórica em um centro cultural e o Germanischer Tanz und Trachtenverein Blumenberg, que apresenta ao público coreografias com repertório tradicional germânico e trajes oficiais originários do Tirol, de Viena, da Baixa Áustria e também da Pomerânia.

A Bauernfest vem encantando a todos há 27 anos e sua 28ª edição está repleta de novidades e resgate das tradições alemães. Nada como turistar em uma cidade com um “quê” de realeza na região serrana fluminense, onde o frio está bem presente e torna o ambiente muito aconchegante.

Quem conhece adora e recomenda, é o caso de Isabela que se encantou com as apresentações folclóricas, principalmente das crianças e adorou o clima da festa. “É uma festa legal, serve comida tipica alemã, tem danças tipicas, as pessoas entram na vibe da festa e se caracterizam“. O evento é todo voltado para atender aos turistas, então, sinta-se à vontade para planejar sua viagem e aproveitar cada momento desta festa grandiosa que traz um pedacinho da Alemanha para dentro do Brasil. Serão mais de duas semanas de festa, de 23 de junho a 02 de julho e, para outras, informações e conferir a programação completa, clique aqui.