Da telinha pra a telona, nem sempre o caminho é de sucesso. Uma onda de filmes live-action de personagens animados vem invadindo os cinemas. Não é uma novidade tão grande, muitos desenhos já ganharam suas versões em carne e osso.

O anúncio mais recente foi sobre “Kim Possible”. A adolescente espiã irá ganhar um longa ainda sem data de estreia. A animação do Disney Channel terá o o roteiro feito pelos criadores da série Mark McCorkle e Robert Schooley, que também atuarão como produtores executivos. Adam B. Stein e Zach Lipovsky serão os co-diretores do longa, além de co-produtores.

Mark e Bob criaram uma personagem duradoura e na qual crianças do mundo todo podem se espelhar. Muitas encontram nela uma amiga, uma garota normal que passa seu tempo derrotando vilões malignos quando não está na escola. Mesmo com Kim conseguindo fazer qualquer coisa, crianças e jovens descobriram que esta menina ruiva no desenho é exatamente como eles. Fico muito animado de trabalhar novamente com Mark e Bob nesse desafio de torna-la multidimensional“, diz Adam Bonnett vice-presidente executivo da Disney Channels Worldwide.

A série original foi ao ar em 2002 e teve 87 episódios. Teve dois filmes de animação produzidos pela Disney Channel. A voz da protagonista é da atriz Christy Carlson-Romano (“Circo de Sangue“), com Will Friedle (da série “Gravity Falls“) dublando seu ajudante Ron.

Como “Kim Possible”, outros desenhos já tiveram seus sucesso nos cinemas com atores e atrizes.

Uma das franquias mais rentáveis é Transformers. A primeira adaptação foi em 2007 com o diretor Michael Bay. Autobots e Decepticons se enfrentam sem parar ao longo de 7 sequências de filmes. E não vai parar por aí.

Scooby Doo também teve sua vez nos cinemas. No inicio dos anos 2000, os filmes contavam com jovens estrelas como Sarah Michelle Gellar e Freddie Prinze Jr. Há alguns meses foi anunciado que a franquia deve receber um reboot. Separe seus biscoitos Scooby e vamos ver no que dá.

Um clássico da Hanna Barbera, “Os Flintstones”  chegaram às telonas em 1994.  O filme “Viva Rock Vegas” do ano 2000, conta com o ator Mark Addy. Se não ligou o nome à pessoa, Fred Flintstone é também o rei Robert Bsratheon de Game of Thrones.

“Aeon Flux” não fez tanto sucesso sendo filme como no desenho. Mesmo contando com Charlize Theron , o longa de 2005 não foi tão épico quanto a série que lhe originou.

A adaptação de “He-man e os mestres do universo” é uma decepção para os fãs. Dolph Lundgren encarna o Príncipe de Eternia mas a história não anda. Cabe ressaltar a participação de Courtney Cox no início de carreira. O filme de 1987 pode não ter feito jus ao herói mas há rumores de que uma nova versão do personagem criado pela Mattel será feita com toda qualidade devida. Um personagem tão querido merece mesmo uma nova chance.

Recentemente também, alguns longas animados tiveram sua vez. Nessa semana foram encerradas as gravações de “Aladdin”. Dirigido por Guy Ritchie, o filme promete mostrar muito além do mundo ideal do filme de 1992. O roteiro foi escrito por Ritchie, Vanessa Taylor e John August. As músicas foram escritas por Alan Menken (“A Bela e a Fera” e “Pequena Sereia”), Benj Pasek e Justin Paul (“La La Land”, “Dear Evan Hansen”). A estreia está prevista para 2019.

Outro longa animado, “A espada era lei”, encontrou seu diretor Juan Carlos Fresnadillo. A animação da Disney conta a Lenda do Rei Arthur. O cineasta é conhecido por longas de terror como “Extermínio 2” e “Intrusos”. Bryan Cogman, produtor e roteirista de “Game of Thrones”, escreveu o roteiro. A produção fica a cargo de Brigham Taylor, que também, participou da adaptação de “Mogli: O Menino Lobo”.

CLOSE
CLOSE