Você chegou agora na fase de fazer um registro de áudio das suas obras? O que você sabe sobre Gravação? Estude a respeito, conheça além do óbvio, a gravação é feita em um estúdio, com microfones e um técnico mixa os canais gravados.

Antes de entrar em um estúdio tenha um plano bem definido. Se for a primeira vez, contrate um produtor musical, essa pessoa será uma importante ferramenta para as coisas acontecerem corretamente, além disso tenha uma pré produção do material a ser gravado. Existem muitos outros aspectos que envolvem a gravação, estude sobre microfones, pré-amplificadores, leia a respeito, assista gravações de outros artistas, leia sobre as gravações de discos de sucesso, entenda todos os aspectos envolvidos.

Se você é instrumentista, estude seu instrumento, conheça as melhores formas de gravar o seu instrumento, se for guitarrista, entenda sobre amplificadores, saiba diferenciar os amplificadores, microfones ideais para gravação em close, de sala, quando a linha direta do seu instrumento é necessária ser gravada, voce fará um reamp dos seus tracks?

Bateristas, por exemplo, devem entender bem a dinâmica do seu instrumento, como escolha de peles, escolha de kit ideal para determinado estilo musical, microfonação. Os baixistas, os tecladistas, o pessoal de metais, todos têm que estudar os aspectos que estão envolvidos em uma gravação além de dominar a técnica como instrumentista, entre eles a afinação, timing, groove, harmonia e melodia. Esta lição de casa deve estar muito bem estudada e revisada antes de pensar em se aventurar em gravar. Se você como instrumentista não está habilitado para gravar, deixe para um instrumentista que tenha experiência e aprenda com ele.

Os erros mais comuns em estúdio são os artistas e os músicos, sem a experiência necessária para uma gravação, acharem que estão preparados para isso, e muitos deles se aventuram por conta própria sem um produtor, arranjador e fatalmente perdem dinheiro e tempo.

Como saber se ja está preparado para se aventurar em estúdio?

Faça as seguintes perguntas:

  • Quanto tempo pretendo gastar com toda a produção desde a gravação até a masterização?
  • Fiz um planejamento financeiro e sei exatamente quanto vou gastar em cada uma das fases do projeto? Estúdio de ensaio, gravação de guias, gravação de instrumentos, mixagem e masterização.
  • Estou ensaiado o suficiente para gravar?
  • Domino meu instrumento? Lembre-se a voz também é um instrumento.
  • Vou precisar de auxílio de computador para o resultado final? Edição de tempo de execução, afinação, nivel de sinal, etc.?
  • Domino a harmonia e a melodia da música que pretendo gravar?
  • Escrevi o arranjo da minha música corretamente?
  • Revisei?
  • Fiz um planejamento das sessões de gravação?
  • Revisei?
  • Eu sei exatamente o que vou gravar primeiro?
  • Eu sei qual o BPM que pretendo gravar?
  • Eu sei quantos canais vou precisar gravar? Alguns instrumentos utilizam mais de um canal
  • Revisei?
  • Já tenho as referências musicais, timbres dos instrumentos do que pretendo gravar?
  • O estúdio que eu vou utilizar tem todos os microfones e prés necessários para a minha produção?
  • O engenheiro já está familiarizado com o projeto que eu vou gravar? Ele é a escolha certa para o projeto e irá contribuir para o time todo?
  • Já chequei e revisei os cabos dos instrumentos que pretendo utilizar para a gravação?

Eu costumo dizer que uma boa gravação é o resultado de uma boa música com um bom alicerce, se o alicerce estiver torto, todo o resto estará comprometido. Então, é basicamente como construir uma casa, se o alicerce estiver “torto”, não for bem feito, bem planejado, todo o resto ficará comprometido. Com as vigas de alicerce tortas, as paredes subirão tortas, a massa grossa ficará torta, a massa fina continuará torta e com a pintura ficará evidente que as paredes estão tortas, ou seja, música boa nasce boa não fica boa por causa de um arranjo, da gravação nos equipamentos de última geração, na masterização.

Fica aqui um conselho

Cuidado com os conselhos de profissionais que dizem: “Depois na mixagem a gente arruma”. Com certeza, virá a segunda frase: “Na masterização ficará ótimo”, não tem como ter um bom material se a fonte não for boa, quando digo a fonte, digo a música, o arranjo, os instrumentistas, se eles não entregarem para o microfone um bom material, não será o engenheiro ou o técnico que resolverá a má performance.

Um dos aspectos mais importantes em estúdio – na minha opinião – são os cabos, não adianta você ter um super microfone, um super pré, mas o cabo está com ruído, em má conservação, ou de baixa qualidade de material, existem cabos com ligas metálicas específicas para determinados instrumentos e microfones. Você encontra cabos específicos para guitarras, baixos elétricos, teclados e monitores de referência. Estes são detalhes que muitas vezes passam despercebidos por muitos artistas, produtores e, até mesmo, engenheiros e técnicos de gravação.

Se o arranjo for bem planejado, o tom escolhido for o tom para o melhor rendimento do cantor, você já estará com uma boa parte dos problemas resolvidos no seu “alicerce”, tenha certeza de que fez a escolha certa dos instrumentistas, ensaie com eles antes e faça um registro de gravação em um equipamento simples. Se você não está interessado em comercializar esta gravação, é parte do seu plano de gravação, ouça com cuidado a performance de todos, faça as correções e voltem a ensaiar, lembre-se de que um registro de um álbum é para a vida toda. Então, deslizes irão lhe incomodar por toda a vida. Selecione referências de timbres que você gostaria na sua música, isto facilitará bastante o trabalho do produtor e do engenheiro/técnico de áudio que irá gravar a sua música.

Tome um cuidado especial com a tecnologia disponível no mercado. Computadores e softwares são apenas ferramentas, não são responsáveis pela qualidade da composição, do arranjo e da performance da sua música. Jamais se sinta tentado a entrar em estúdio já querendo usar aquele programa que corrige a voz, você com certeza não entregará o seu melhor na sua sessão de gravação, o resultado com certeza não será acima da média, e se você pretende fazer sucesso, precisa estar acima da média, não é mesmo?

Não podemos esperar de uma fonte duvidosa o melhor, estamos vivendo em uma época em que os músicos estão esquecendo de tocar e esperando que os computadores toquem por eles aquilo que eles não sabem executar ao vivo, e qual será o resultado de uma apresentação ao vivo?

Por Claudio Girardi