Data de lançamento: 16 de Fevereiro de 2017
Direção: Raoul Peck
Gênero: Documentário
Duração: 95 minutos
Distribuidora: Imovision
Classificação: 12 anos

Sinopse:

O filme mostra parte da trajetória de Malcom X, Martin Luther King e Medgar Evers. Ambos pregavam abordagens bem distintas para a inserção no negro na sociedade, mas eram um mesmo impulso nessa direção. No entanto, ainda que ignorados por céticos do problema racial ou da violência com base apenas na cor, James Baldwin mostra como, um a um, os 3 Ms foram sendo assassinados: Medgar em 63; Malcom em 65; Martin em 68. E o que se desenvolve daí.

 

 

 

 

 

 

 

Crítica – Paulo Abe: “Branco é a metáfora de poder”. Eu não sou seu negro procura mostrar essa mensagem. Sua balança pende por vezes na representatividade do negro na sociedade, de sua luta, das injustiças que sofre, mas uma segunda pele permeia todo o filme com esse tom. Isto é, de que no fundo se está falando do branco. E é preciso falar sobre o branco. Leia mais!

Este slideshow necessita de JavaScript.

DÊ SUA NOTA PARA ESTE FILME!
Votação do Leitor 1 Voto
7.2