Em 2018 Damien Chazelle retorna as telonas

O jovem Damien Chazelle, premiado diretor de “Whiplash” e “La La Land”, prepara seu mais novo trabalho em parceria com Ryan Gosling, confirmado como ator principal do longa.

Ele contará a trajetória de uma das figuras mais amadas  da história contemporânea norte americana, Neil Armstrong. O roteiro de Josh Singer (“Spotlight”) terá como base o livro biográfico “First Man: A Life of Neil A. Armstrong”, escrito pelo historiador da NASA James Hansen.

Após estrelar seu último longa musical com Chazelle, Ryan Gosling (“Blade Runner 2049”) volta para mais um trabalho onde interpretará o próprio Neil. A princípio também há confirmações de Claire Foy (“Uma razão para viver”, “The Crown”), como Janet Shearon, a esposa de Neil.

Outro ator confirmado é Pablo Schreiber (“Orange is the New Black”, “American Gods”), na pele de Jim Lovell, no qual os amantes do cinema já estão familiarizados devido ao épico “Apollo 13” do diretor Ron Howard, interpretado por Tom Hanks como comandante daquela missão.

Lovell além de comandante da missão à lua na vida real em 1970, anteriormente era piloto da Marinha e foi recrutado pela NASA para o projeto Gemni em 1962. Pilotou do módulo de comando para o teste orbital Apollo 8 em dezembro de 1968, do módulo lunar, ao lado de Neil Armstrong e Buzz Aldrin, eventos que muito provavelmente serão retratados em “First Man”.

Brian D’Arcy James, outro ator confirmado, retorna às telonas com mais um trabalho em que interpretará uma figura histórica. Ele já foi responsável por diversos papéis de apoio, como por exemplo: “Spotlight”, a controversa série da Netflix “13 Reasons Why”  e também no inédito “Molly’s Game”. Ele interpretará Joseph A. Walker, o astronauta americano que foi o sétimo homem a ir pro espaço, bem como o superior de Neil.

A produção ficará a cargo da dupla Marty Bowen e Wyck Godfrey (“Maze Runner”, “A culpa é das Estrelas”), figuras bastante conhecidas em Hollywood com mais de 30 títulos famosos no currículo.

Em relação a “First man”, é possível dizer que podemos esperar uma produção de excelência técnica. Ainda em pré-produção, sua data de lançamento está marcada para outubro de 2018 – podendo sofre alterações.

Wiplash

Saiba um pouco mais sobre o Damien Chazelle

O mais jovem diretor a ganhar um Oscar, Chazelle é um estudioso das artes. Formado em cinema por Harvard em 2007, aos 22 anos tentou estudar bateria na Princeton High School a fim de formar-se como músico de jazz.

Foi, inclusive, na Princeton que o diretor conheceu o professor que inspirou seu personagem carrasco de “Whiplash”, anos depois. O que pode explicar seu deslocamento da música para o cinema.

Mas antes de trabalhar em seus próprios longas, ele também atuou como roteirista de alguns títulos como “Rua Cloverfiled, 10”  e “Toque de Mestre”. Seu primeiro filme foi “Guy and Madeline on a Park Bench” em 2009, no qual não obteve muito sucesso.

Somente em 2013 com o famoso “Whiplash” que Damien Chazelle ganhou notoriedade, principalmente por seu estilo de direção bastante característico, de longos planos, poucos cortes e pela entrega de seu elenco aos personagens.

Dois anos após “Whiplash”, é a vez do famigerado “La La Land: Cantando Estações” , cujo roteiro havia sido idealizado em 2010, mas engavetado como sendo uma promessa futura. A produção rendeu nada menos que 14 indicações ao Oscar, incluindo a de melhor diretor e filme – tornando-se um dos melhores filmes de 2016 e alcançando o recordista de indicações “Titanic”.