Galeria - faixa

Exposição no Instituto Moreira Salles

Millôr Fernandes foi desenhista, escritor e tradutor. Ao longo de 70 anos o artista produziu diversos trabalhos que estarão presentes na exposição Millôr: Obra Gráfica no IMS do Rio de Janeiro.

millor

Com 500 obras originais, entre elas os desenhos do humorista, a exposição começará no dia 16 de Abril às 18h. A mostra é dividida em cinco conjuntos: Millôr por Millôr, Pif-Paf, o laboratório, À mão livre, Brasil e Condição humana.

Millôr por Millôr – Apresenta uma coleção de autorretratos e variações do seu próprio nome.

Pif-Paf, o laboratório – Mostra seu primeiro grande trabalho como colunista da revista O Cruzeiro.

À mão livre – São desenhos feitos quando estava ao telefone, ou sem qualquer compromisso de publicação.

Brasil e Condição Humana – Trata-se de obras que envolvem a vida dos brasileiros e o país, falando sobre questões políticas, econômicas, familiares e coisas do cotidiano.

O acervo de Millôr possui mais de seis mil desenhos e está sob a guarda do Instituto Moreira Salles desde 2013.

Serviço:

Curadoria: Cássio Loredano, Julia Kovensky e Paulo Roberto Pires
Abertura: 16 de abril, sábado, às 18h.
Visitação: 17 de abril a 21 de agosto de 2016. De terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 11h às 20h.
Local: Instituto Moreira Salles – Rio de Janeiro
Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea – Rio de Janeiro/RJ
Contato: (21) 3284-7400

Aimée Borges gosta de dançar ao vento, beber água gelada e sorrir para Lua. Apaixonada por contos e fadas, deixa-se levar por sua curiosidade que a transporta para um mundo ainda mais louco que o da Alice.