Pois é, o post de hoje vale para dentro de casa também, pois vamos falar sobre como escolher as plantas para o seu vaso! Tarefa não muito fácil, ou vai dizer que você nunca matou nenhuma plantinha!?

Bom vamos iniciar o raciocínio escolhendo o lugar onde você quer colocar seu vasinho:

1- Nesse lugar bate sol? O dia inteiro, só uma parte do dia ou never?

Pare por algumas horas para observar os momentos de sol e sombra da área escolhida pois existem plantas que gostam de sol e outras que preferem lugares mais frescos. Se você escolher a planta errada ela pode até sobreviver por um tempo mas logo logo vai acabar adoecendo e morrendo. Se a planta é de sombra mas está no sol, o primeiro sintoma vai ser o amarelamento das folhas, fique de olho!

Plantas de sombra precisam de menos rega, enquanto as que ficam expostas ao sol precisam de mais água para viver! É simples o raciocínio: se você ficar no sol por muito tempo vai ficar com mais sede do que se ficar na sombra, certo?

2- Que tamanho de vaso cabe no seu espaço?

Existem plantas de porte grande e outras de porte pequeno e geralmente a raiz acompanha o tamanho da planta. Isso influencia se sua planta vai ser mais rasteira ou um arbusto e se ela precisa de muita matéria orgânica ou não.

Se você não tiver muito espaço mas ainda assim quer de ter uma planta maiorzinha, opte por um vaso mais alto.

3- Como é a temperatura?

Assim como existem plantas que gostam de sol e outras não, existem as que gostam de calor e outras não! Procure dar preferência às plantas nacionais ou locais e a chance de dar certo é bem maior!

Outras questões importantes também:

1-Qual estética ou você busca?

As plantas podem ser de vários tipos, tamanhos, cores e formatos. Existem aquelas com flores que vão colorir a sua casa e as que são só folhagens.

Podemos falar em estilos de jardins… contemporâneo, japonês, tropical e etc. Qual é o seu?

Você pode querer ter uma planta para esconder alguma coisa também: um muro feio, uma vista indesejável… ou para se esconder: da visão de um vizinho, do vento ou do sol.

2- Tem animais em casa? E crianças?

Existem inúmeras plantas tóxicas que podem ser muito prejudiciais aos seus dogs, crianças ou até adultos, já que o simples contato com a pele pode gerar alergia. Só que elas podem ser fatais e não rola, né? Aí a gente pensa que são poucas mas deixa eu te contar: existem cerca de 400 espécies de plantas ornamentais tóxicas, sabia?

Além disso, plantas que exigem muita matéria orgânica naturalmente exigem passar por mais processos de adubação e não só de adubos orgânicos se alimenta uma plantinha! Existem agrotóxicos e granulados contra formigas e lesmas que são muito parecidos com a ração dos dogs e se você pensar em colocar farinha de ossos (ótimo para nutrir sua plantinha) na terra, imagina onde seu dog vai pensar em cheirar? Em fuçar? Em cavar? Humm!? Osso + cachorro = festa!

3- Você tem tempo para se dedicar à manutenção de suas plantas?

Tudo na vida exige um pouco da gente, certo? Nada vem de graça! Com sua planta não é diferente! Você precisa cuidar, dar carinho, conversar… hum!? Ps.: Já viu aquelas pessoas que conversam com plantas e que dizem que o “papo” está fazendo bem para elas, as plantas? Pois então, você acha que essas pessoas param na frente do vaso e começam a falar, só assim, olhando, ou vão conversando e tirando um matinho alí, uma erva daninha aqui…? Entendeu?

Mas existem plantas que exigem menos da gente, é verdade! Quanto menos exigente à irrigação e à matéria orgânica, mais rústica essa espécie será e mais tranquilo será o cuidado. Ou então nenhuma cidade teria plantas em praças públicas, porque haja verba para mantê-las!

4- Você é paciente?

Dependendo do seu nível de ansiedade você pode escolher as plantas e comprar a semente dela que o preço sai bem mais em conta, mas se você é como eu, gosta de ver resultado imediato, compra logo uma muda com torrão na loja mais próxima! Aí você vai depender do que a loja te oferece, certo?

Mas comprar uma planta específica não é tão fácil assim. As plantas possuem nome científico e popular, sendo que podem ter mais de um nome popular. Então, quando você for na loja para compra sua mudinha, o ideal é você saber todos os nomes da planta e ter uma foto, caso o vendedor não consiga identificar pelo nome apenas. É por isso que vou te dar uma relação completa de plantinhas, com a indicação de onde e como usar. Olha só:

CLIMA FRIO

SOL E TOLERANTES À SECA

SOLO ENCHARCADO

TREPADEIRA

BARREIRA/TOLERANTES AO VENTO

FORRAÇÃO TOLERANTE A SECA

FORRAÇÃO BAIXA

FORRAÇÕES EXIGENTES NA REGA

VALORIZAR ($$$) O JARDIM

JARDIM CONTEMPORÂNEO

PLANTAS TÓXICAS

 

Se você montar um vaso, não deixe de fotografar e postar #insidelarathys e #woomagazine.

Deixe seu comentário, dúvida, elogio, like e até o próximo post!

Por: Lara Thys

CLOSE
CLOSE