Véspera de feriado na cidade maravilhosa e a varanda do Vivo Rio estava lotada, pronta para receber Liniker & os Caramelows, na nova temporada do Queremos! Tropical, que nos próximos dias estará recebendo Karol Conka, Anavitória e Dona Onete.

Liniker, para quem não conhece, é a nova geração do soul, um clamor que antes ficava à margem da sociedade e que agora começa a explodir ao redor do país. Essa voz, que representa milhões de jovens, conta com sua banda, os Caramelows: a incrível Renata Éssis no backing vocal, Rafael Barone no baixo, William Zaharanszki na guitarra, Márcio Bortoloti no trompete e Pericles Zuanon na bateria. Juntos, eles surpreenderam na noite de ontem no Vivo Rio.

O Queremos! Tropical é um evento alternativo que traz não só cantores e bandas nacionais, mas também DJs que animam o evento antes e depois do show. Ontem, o DJ Marcelo Zedoroque tocou clássicos da mpb que, além do tempo habitual, distraíram o público com os 40 minutos de atraso da banda.O show começou com “Remonta”, faixa que intitula o disco do grupo, lançado em 2016, e a plateia cantou em uníssono, assim como todas as outras músicas. Seguindo então de “Louise du Bresil” e “BoxOkê”, canções que só animaram mais o público, permitindo coreografias entre Liniker e Renata Éssis, parceria que se sobressai dos palcos e transmite uma energia boa, através de danças e brincadeiras aprovadas por quem assistia ao show. – A reação da plateia variava entre um misto de surpresa e emoção, belíssimo de se ver.

Um dos grandes momentos foi com a libertadora “Você Fez Merda”, no qual a vocalista e o público se harmonizaram e cantaram juntos, mesma coisa com “Zero”, uma canção mais conhecida e também tema do programa “Liberdade de Gênero”, do GNT. Liniker tem uma presença de palco e interação com quem a assiste que não é mais visto com frequência em shows, mas que é feito com uma naturalidade pela cantora, tornando o evento incrível em cada música.

Além das outras faixas, a finalização do show se deu com “Caeu” e o bis de “Louise du Bresil”, mesmo estando notável que a cantora não queria finalizar o show e nem o público queria se despedir daquela noite. Mas, ficou mais fácil quando Liniker disse que eles retornariam ao Rio – e que já tinham uma data, mas não poderiam divulgar. Foi assim, então, que a noite se encerrou com um clima agradável e a certeza de que Liniker & os Caramelows mudaram a noite de ontem no Rio de Janeiro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

CLOSE
CLOSE