Diariamente, abrimos as redes sociais e vemos uma enxurrada de vídeos, memes e gifs que fazem qualquer pessoa não ficar séria. Muitas pessoas se dedicam a criar montagens, fazer dublagens, mudar as músicas de uma cena, entre outros. Então, ficamos surpresos com tamanha criatividade e de como não pensamos nisso antes. Bem, listamos alguns vídeos que fizeram e continuam fazendo um grande sucesso na internet.

Jean Claude Van Damme dançando “Passinho do Volante” e a reação de Chuck Norris

Essa cena do Van Damme foi tirada do filme “Kickboxer: O Desafio do Dragão” em que o ator realmente dança, mas com uma outra música. E não é que parece que a trilha se encaixou perfeitamente a dancinha do personagem? A montagem original só tinha a cena e a alteração da música, mas para melhorar ainda mais, acrescentaram Chuck Norris no vídeo. Fizeram a montagem como se Norris estivesse assistindo o colega Van Damme dançando e sua reação deixa tudo ainda melhor.

Slipknot cantando “Amor de chocolate”

Os fãs não devem ter curtido muito essa montagem, mas temos que admitir que ficou sensacional. Esse trecho foi retirado do show que a banda fez na edição de 2011 do Rock in Rio e, apesar de ser algo impossível de se imaginar, conseguiram colocar uma banda de rock cantando um funk do cantor Naldo. A edição deve ter dado um pouco de trabalho, porque encaixar cada trecho da música com o momento exato para dar a impressão de que isso realmente faz sentido deve ser bem difícil. Mas o resultado é hilário e faz sucesso há alguns anos.

Ross, Chandler e Joey (Friends) dançando “Deu onda”

O seriado já é engraçado por si só, nem precisaria de uma mudança, mas essa foi muito boa. Como ninguém pensou antes em colocar essa cena clássica com uma música que está fazendo sucesso? Até porque o elenco de Friends sempre arrasa nas dancinhas. Bem, o resultado foi ótimo, super sincronizado e muito engraçado mesmo.

Harry Potter x Draco Malfoy da Bahia

Cada região tem o seu jeito de falar, com suas gírias, abreviações e vocabulário único. Bem, na Bahia não é diferente. Só que dessa vez fizeram o impossível: uma cena de Harry Potter e o Enigma do Príncipe no linguajar regional. A dublagem não tem só o sotaque baiano, mas até os feitiços são diferentes como “Miseriamus”, da palavra miserável, e “Disgraçunsempra”, da palavra desgraça. O resultado é ótimo!