petes_intl_payoff_poster_brazil

“Meu Amigo, O Dragão” é um remake do filme musical de 1977 (ambos produções da Disney) baseado no conto de S.S. Field e Seton I. Miller que conta a história de Pete (Oakes Fegley) um menino que viveu na floresta por seis anos desde que se perdeu, porém nunca esteve sozinho pois foi encontrado por Eliott, um dragão adorável apesar de todo o seu tamanho, que se tornou o seu melhor amigo  e o ajudou a sobreviver durante todos esses anos. Grace (Bryce Dallas Howard), uma guarda florestal, descobre Pete e, na busca de pistas sobre seu passado, se depara com a criatura lendária que fez parte da sua infância através das histórias contadas pelo seu pai.

O filme combina live-action com um único personagem animado, Eliott, o dragão. Feito em computação gráfica, o dragão apresenta uma característica diferente dos tradicionais: ao invés de escamoso, Eliott é peludo e seu comportamento é como o de um animal domesticado quando está com Pete. Apesar do verde de seu pelos ter um tom de fantasia, é possível perceber sua textura quando o menino o toca e a interação dos dois encanta e faz com que o público aceite a criatura como real, cumprindo o objetivo do filme de fazer acreditar. Outro trabalho bem feito que faz com que  dragão se torne realista é a fotografia, com a influência de luz e sombra sobre ele, além dos efeitos dos galhos e folhas que se movem conforme ele se desloca.

É o filme infantil com menos cara de Disney, pois apesar do encanto e fantasia, possui um texto que trata mais do real do que o imaginário, mas sem perder o toque de magia que é fundamental.14438792_1590764051218003_783674915_oTodo o elenco tem uma boa interação e tem momentos emocionantes e divertidos, e a história é capaz de prender a atenção de todos, com a aventura garantida. É certo que o publico irá se encantar e desejar ser amigo de um dragão, sem questionar a realidade. Apesar da leveza, o filme também tem suas cenas de tirar o fôlego.

O vilão (Karl Urban) não tem muita força, parece ser daqueles que seriam facilmente derrotados por crianças com armadilhas dignas de “Esqueceram de Mim”, mas é irritante o suficiente para ser uma pedra de tropeço e com atos inconsequentes capazes de causar estragos.

A trilha sonora é gostosa de escutar e combina com o lugar onde a história é ambientada e com o clima de aventura.

No elenco estão Oakes Fegley, Oona Laurence, Bryce Dallas Howard, Robert Redford, Wes Bendley e Karl Urban.

“Meu Amigo, O Dragão” tem sua estreia nos cinemas brasileiros dia 29 de setembro de 2016

Crítica: Meu Amigo, O Dragão
8.7Valor Total
Votação do Leitor 0 Votos
0.0