Sabe aqueles dias que você está em casa sem nada para fazer? Isso é muito comum aos domingos. Por quê? Bem, é antes da segunda-feira, o fim de semana está acabando e parece que a hora nunca passa (Socorro)!  Então, em um dia desses dias super empolgantes eu resolvi ligar a TV e ver se tinha algo interessante. Tinha sim, e eu ri, como eu ri. Estava passando um programa chamado TVZ Clássicos no Multishow, que passa durante uma hora alguns clipes antigos. Logo no primeiro que assisti eu já estava chorando de tanto rir e decidi fazer minha própria seleção de clipes bizarros ou engraçados que vão mudar sua vida!

1. Creed – Sacrifice

Esse foi o clipe que assisti no TVZ Clássicos e me fez rir muito! Parece que uma equipe se reuniu para pensar numa ideia, mas cada um pensou numa diferente. Aí eles juntaram tudo e fizeram esse clipe muito sem pé, nem cabeça. Tem ventania, uma cidade inundada onde a banda toca seus instrumentos dentro d’água, do nada surgem nadadores que parecem extraterrestres, de repente a banda está dentro de um ônibus cheio de velas, quando você percebe já está na ventania de novo. Muito louco! Detalhe: sei cantar a música toda! Lembro de ter assistido ele quando mais nova e achar maravilhoso. É, as coisas mudam né… Rindo eternamente!

2. Nx Zero – Razões e Emoções

Sem comentários. Esse clipe é muito sem noção! E se você viveu uma fase emo na sua vida, sabe que gostou e muito desse clipe. Não faz sentido nenhum. Juro que já assisti várias vezes para tentar entender, mas não rolou mesmo.

3. Olivia Newton-John – Physical

Um clássico do Pop Internacional! Olha, na boa, esse clipe foi feito para ser cômico! Começa com uns caras sarados malhando numa academia e a Olivia ali no meio disso tudo. Mas, no lugares deles surgem caras gordinhos malhando e ela dando muito trabalho para eles. Beleza, o clipe continua… Num passe de mágica eles se tornam sarados! Ooooi? Isso mesmo! E as caras e bocas da Olivia são sensacionais. Tão anos 80 essa música… Tão anos 80 esse clipe… Sensacional!

4. Bonnie Tyler – Total Eclipse of the Heart

Ok, vamos lá. Todo mundo conhece essa música, mas o clipe talvez não. Então, é uma música romântica, linda, mega conhecida. Só que o clipe não é esse amor todo não. Bem, se passa numa casa bem macabra, escura, com velas, uma pomba branca, véus nas portas e muitos garotos. Parece ser uma escola para meninos. Até um determinado momento você só fica em estado de choque imaginando porque essa música tão legal tem um clipe tão bizarro. Só que quando aparece uns caras fazendo uma coreografia numa escada, aí sim você começa a chorar de tanto rir. Vocês não tem noção de quão estranho é. O pior não é isso… Os alunos surgem cantando a música com luzes no lugar de seus olhos, porque um trecho da música é “bright eyes” (olhos brilhantes). Sinistro de bom!

5. Stefhany Sousa – Eu sou Stefhany

Ahhhh, esse clássico dos clipes caseiros! Na época que foi lançado esse clipe bombou! Nunca soube se era porque as pessoas gostavam mesmo, ou, porque é tão ruim que chega a ser engraçado. Eu rio sempre que vejo. Mas, sei cantar a música toda. É uma mistura de imitações toscas de Beyonce, Jennifer Lopez e até Julia Roberts em “Uma linda mulher”. É engraçado, mas, tenho que admitir que tem um quê, de empoderamento da mulher. Fato. Se você nunca assistiu ou faz um tempo que não assiste, por favor, não perca mais tempo! Afinal, ela é “Stefhany, absoluta”!

6. Os Caçadores – Dona Gigi

Pára tudo! Esse é o melhor de todos!!! Ahhhh esse clipe… É risada do início ao fim mesmo! Ele é completamente fiel a letra da música e ao objetivo dela, por isso mesmo é tão cômico. Ele deve ter sido todo filmado num fundo verde, porque nem a Dona Gigi é real. Mas, enfim, não sei o que é melhor: as animações ou as interpretações da banda. Surreal! Assistam, mas assistam mesmo. É tosco, mas muito bom para rir. Não tem como ficar sério.

7. Menudo – No Te Reprimas

E agora um representante da música latina, uma boy band, música chiclete, o terror das menininhas da época! u.ú! O clipe em si é super legal, são os meninos se divertindo num parque de diversões e dançando. Aí é que está a parte divertida: a dança. A sensualidade desses meninos, o talento para a dança, gente, demais! Fato que quando essa música toca em qualquer lugar todo mundo dança, incorpora os personagens, solta a franga. Mas reparei que fazemos isso muito melhor que o original. Pelo menos no clipe eles parecem tão duros para dançar, nem parece que Rick Martin está no meio. Apreciem com moderação, mas dancem sem vergonha de serem felizes.

8. Foo Fighters – Walk

Quando tive a ideia de fazer essa lista logo pensei nos clipes do Foo Fightes. Mas qual, exatamente?! Eles tem muitos clipes engraçados, mas tive que escolher um né. Então foquei no mais recente. Vamos lá. Tudo dá errado no dia do personagem principal vivido pelo Dave Grohl. Tudo mesmo! Um trânsito infernal, o celular que descarrega, pessoas que fazem qualquer um perder a paciência. Mas ele não respira fundo e segue a vida. Ele reage como todo mundo sempre quis, mas nunca teve coragem. É muito bom! E como na maioria dos clipes do Foo Fighters, os integrantes são os personagens e a atuação deles é muito boa, é para rir de verdade. Assista e quando acabar, assista de novo. E de novo! E de novo!

9. The Darkness – I Believe In A Thing Called Love

A primeira vez que escutei essa música foi na trilha sonora da novela “Da Cor do Pecado” no núcleo cômico. Amei a música! Resolvi procurar o clipe, imaginei que seria o melhor clipe de todos os tempos já que a música é f*&%. Então… É muito trash! São cerca de quatro minutos de uma história muito louca! Se é que podemos chamar de história né. Se passa no espaço e já começa com o vocalista saindo nu de um banho e se enxugando num gigante monstro de pelúcia. Oi?? Daí em diante é só coisa sem noção. Uns bichos estranhos “do espaço”, a banda que não parece muito feliz com o clipe, os efeitos que são muito loucos, e o jeito como o vocalista canta (100% tentando sensualizar), e um fim tão bizarro quanto o início.

10. Pelados em Santos – Mamonas Assassinas

Ah, esse é um clássico né! Eles já eram cômicos por natureza, as letras então só afloravam isso ainda mais, era óbvio que não poderia deixar de colocá-los nessa lista. O clipe já começa parafraseando os desenhos do Looney Tunes e a narração do Dinho chamando o creuzebekjá faz começar a rir. Pela primeira vez percebi que o começo do clipe é seguindo os exageros de um episódio do Perna Longa e seus amigos. Olhos esbugalhados, um cenário de deserto, uma “mocinha bonitona” que não está nem aí, etc. Também nunca tinha reparado que enquanto a banda está dentro da famosa Brasília Amarela, o fundo é feito por diversas cenas aleatórias cenas e uma delas é de faroeste. Só melhora! Tem um músico mexicano atropelado diversas vezes. Gente, muito bom mesmo! Vale a pena rir de novo!

Foi bem difícil fazer uma seleção de apenas 10 clipes que me fizeram gargalhar pelo simples fato de serem engraçados ou porque são esquisitos mesmo. Aconselho você a fazer o mesmo e pensar em músicas que você adora, mas que nunca parou para assistir o clipe dela. E você, qual clipe te deixou rindo à toa? Conta para a gente!