NoEscurinho2

Entre Zebras e outros Acertos

A 73ª edição do Globo de Ouro aconteceu nesse domingo em Los Angeles e, como sempre, foi um desfile de estrelas mundialmente conhecidas. Mas, os holofotes estava virados para os grandes selecionados para um dos prêmios mais importantes do mercado cinematográfico. O Brasil teve seu representante, Wagner Moura, com um trabalho brilhante em Narcos. Mas, infelizmente o ator não saiu vencedor nessa noite que trouxe algumas surpresas. Confira a lista completa dos vencedores e comentários.

globodeouro2016_2-750x380

Melhor filme de drama
“Carol”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“O regresso”
“O quarto de Jack”
“Spotlight”

  • Prêmio merecido para “O regresso”, trabalho impecável realizado por todos envolvidos nessa produção.

Melhor ator de drama
Bryan Cranston (“Trumbo”)
Leonardo DiCaprio (“O regresso”)
Michael Fassbender (“Steve Jobs”)
Eddie Redmayne (“A garota dinamarquesa”)
Will Smith (“Concussion”)

  • Há tempos, o ator já vinha merecendo o seu devido reconhecimento. O Regresso e Alejandro G. trouxeram isso para ele, agora só falta o Oscar.

Melhor atriz de drama
Cate Blanchett (“Carol”)
Brie Larson (“O quarto de Jack”)
Rooney Mara (“Carol”)
Saoirse Ronan (“Brooklyn”)
Alicia Vikander (“A garota dinamarquesa”)

  • Brie Larson está excelente em seu trabalho e Alicia Vikander é outra que também está ótima em “A Garota Dinamarquesa”, mas o prêmio deveria ir para Cate Blanchett.

Melhor filme de comédia ou musical
“A grande aposta”
“Joy: O nome do sucesso”
“Perdido em Marte”
“A espiã que sabia de menos”
“Descompensada”

  • Filme maravilhoso de Ridley Scott. Não deveria estar concorrendo nessa categoria. Contudo, na minha opinião, o prêmio deveria ir para “A Grande Aposta”

Melhor atriz de comédia ou musical
Jennifer Lawrence (“Joy: O nome do sucesso”)
Melissa McCarthy (“A espiã que sabia de menos”)
Amy Schumer (“Descompensada”)
Maggie Smith (“A senhora da van”)
Lily Tomlin (“Grandma”)

  • Gosta da Jennifer Lawrence, mas será que eles assistiram “A senhora da Van”?!!

Melhor atriz em série dramática
Caitriona Balfe (“Outlander”)
Viola Davis (“How to get away with muder”)
Eva Green (“Penny Dreadful”)
Taraji P. Henson (“Empire”)
Robin Wright (“House of cards”)

  • Não posso opinar, uma das poucas coisas que ainda não acompanho.

Melhor diretor
Todd Haynes (“Carol”)
Alejandro G.Iñarritu (“O regresso”)
Tom McCarthy (“Spotlight”)
George Miller (“Mad Max: A estrada da fúria”)
Ridley Scott (“Perdido em Marte”)

  • Alejandro está espetacular em seu trabalho nesse filme e merecia o prêmio. Espero que ganhe um segundo Oscar.

Melhor série de drama
“Empire”
“Game of thrones”
“Mr. robot”
“Narcos”
“Outlander”

  • Outra série que não acompanho, aliás aqui eu só conheço as duas ultimas (Sim, ainda não quis assistir Game of Thrones). “Outlander” é boa, mas “Narcos” é fantástica.

Melhor canção
“Love me like you do” (“Cinquenta tons de cinza”)
“One kind of love” (“Love & Mercy”)
“See you again” (“Velozes e Furiosos 7”)
“Simple song #3” (“Youth”)
“Writing on the wall” (“007 contra Spectre”)

  • Prêmio merecido, mesmo que muitos acharam que Velozes e Furiosos deveria ganhar.

Melhor atriz em minissérie ou filme para a TV
Kirsten Dunst (“Fargo”)
Lady Gaga (“American horror story: Hotel”)
Sarah Hay (“Flesh & Bone”)
Felicity Huffman (“American crime”)
Queen Latifah (“Bessie”)

  • Então, Lady GaGa?! Sério?! Vou assistir essa temporada o mais rápido possível.

Melhor filme estrangeiro
“O novíssimo testamento”
“O clube”
“O esgrimista”
“Cinco graças”
“O filho de Saul”

  • Sabia que “O filho de Saul” ganharia, mas minhas apostas estavam para “Cinco Graças”

Melhor ator em série de comédia ou musical
Aziz Ansari (“Master of none”)
Gael García Bernal (“Mozart in the jungle”)
Rob Lowe (“The grinder”)
Patrick Stewart (“Blunt talk”)
Jeffrey Tambor (“Transparent”)

  • Quem ainda não assistiu a série, corra, sério, vale a pena! E, Gael, o que falar desse excelente ator?!

Melhor roteiro
“O quarto de Jack”
“Spotlight”
“A grande aposta”
“Steve Jobs”
“Os 8 odiados”

  • Deveria ter uma categoria de roteiro adaptado. Steve Jobs é lindo, perfeito. Um roteiro impecável. Mas, A Grande Aposta também é muito bom. Entretanto, foi merecido.

Melhor ator coadjuvante
Paul Dano (“Love & Mercy”)
Idris Elba (“Beasts of no nation”)
Mark Rylance (“Ponte dos espiões”)
Michael Shannon (“99 Homes”)
Sylverster Stallone (“Creed”)

  • Sou fã da história do cara e, sim, do trabalho dele. Dentro do que ele escolheu para ele, Stallone é um dos melhores. E, em “Creed” ele recupera sua melhor forma. Talvez o prêmio mais merecido da noite.

Melhor animação
“Anomalisa”
“O bom dinossauro”
“Divertida mente”
“Snoopy e Charlie Brown – Peanuts, o filme”
“Shaun, o carneiro”

  • Gente, “Divertida mente” é o único filme que assisti da lista. Mas, possui um roteiro impecável e foge dos blá, blá, blá, convencionais em algumas animações. Porém, sei que “Anomalisa” também é perfeito.

Melhor ator de comédia ou musical
Christian Bale (“A grande aposta”)
Steve Carell (“A grande aposta”)
Matt Damon (“Perdido em marte”)
Al Pacino (“Não olhe para trás”)
Mark Ruffalo (“Sentimentos que curam”)

  • Matt Damon está ótimo, mas para mim o prêmio deveria ser de Christian Bale.

Melhor ator em série dramática
Wagner Moura (“Narcos”)
Jon Hamm (“Mad men”)
Rami Malek (“Mr. robot”)
Bob Odenkirk (“Better call Saul”)
Liev Schreiber (“Ray Donovan”)

  • Acho que Wagner Moura merecia ganhar. Da lista só não assisti “Mr. Robot”, mas ele não ganhou. Jon Hamm é bom, mas Wagner está destruidor. Outro que merecia no lugar de Jon Hamm é Liev Schreiber pelo execute trabalho em “Ray Donovan”.

Melhor trilha sonora
Carter Burwell (“Carol”)
Alexandre Desplat (“A garota dinamarquesa”)
Ennio Morricone (“Os 8 odiados”)
Daniel Pemberton (“Steve Jobs”)
“Ryuichi Sakamoto e Alva Noto (“O regresso”)

  • Por algum tempo fiquei em duvida entre duas pessoas: Daniel Pemberton e Ennio Morricone. Mas, o trabalho de Morricone é superior por provocar diferentes emoções no espectador, levando-o a sentir que está assistindo um filme de um gênero completamente diferente daquele que está sendo mostrado.

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para a TV
Alan Cumming (“The good wife”)
Damian Lewis (“Wolf hall”)
Ben Mendelsohn (“Bloodline”)
Tobias Menzies (“Outlander”)
Christian Slater (“Mr. robot”)

  • Ainda não assisti, mas fico feliz por Slater. Estava sumido e ganhou uma boa chance.

Melhor ator minissérie ou filme para a TV
Idris Elba (“Luther”)
Oscar Isaac (“Show me a hero”)
David Oyelowo (“Nightingale”)
Mark Rylance (“Wolf hall”)
Patrick Wilson (“Fargo”)

  • Oscar Isaac é o cara e merece ser reconhecido!

Melhor minissérie ou filme para TV
“American crime”
“American horror story: Hotel”
“Fargo”
“Flesh & Bone”
“Wolf hall”

  • Outra série que ainda não assisti. Esse foi um ano mais de cinema para mim.

Melhor série de comédia ou musical
“Mozart in the jungle”
“Orange is the new black”
“Silicon Valley”
“Transparent”
“Veep”
“Casual”

  • Muito merecido! Trabalho bem produzido, escrito e dirigido. Merece o prêmio com certeza.

Melhor atriz em série de comédia ou musical
Rachel Bloom (“Crazy ex-girlfriend”)
Jamie Lee Curtis (“Scream queens”)
Julia Louis-Dreyfus (“Veep”)
Gina Rodriguez (“Jane the virgin”)
Lily Tomlin (“Grace and Frankie”)

  • Então, vou precisar repetir que fiquei sem ver muita série esse ano que passou?!

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme para a TV
Uzo Aduba (“Orange is the new black”)
Joanne Froggatt (“Downton Abbey”)
Regina King (“American crime”)
Maura Tierney (“The affair”)
Judith Light (“Transparent”)

  • Prêmio merecido!

Melhor atriz coadjuvante
Jane Fonda (“Youth”)
Jennifer Jason Leigh (“Os 8 odiados”)
Helen Mirren (“Trumbo”)
Alicia Vikander (“Ex machina: Instinto artificial”)
Kate Winslet (“Steve Jobs”)

  • Novamente tínhamos um trabalho excelente da Alicia Vikander, talvez a melhor da sua idade. Jennifer está linda em “Os oito odiados” e Jane Fonda e Helen Mirren são Deusas. Mas, vamos falar a verdade, Kate Winslet está boa pra C… – Ela merece esse prêmio e o Oscar de melhor atriz. Go Kate!!!

Assim, despedimos dessa noite maravilhosa e aguardamos o dia 14 para uma cobertura interessante da Woo Magazine. Fiquem ligados em nosso site e canal no youtube.

globodeouro2016

Daniel Gravelli é um brazuca que parle français e roda uns filmes por aí. Apaixonado pelo universo da escrita, tem um caso com o teatro e morre de amores pelo cinema. Fotógrafo e crítico nas horas vagas, gosta de cozinhar, apreciar um bom vinho e trocar ideias interessantes.