NoEscurinho2

Paródia do romance: 50 tons de Cinza

557021

O humor negro já começa pelo nome, literalmente! A produção estrelada por Marlon Wayans e Kali Hawk tem dado o que falar, não só pelo trocadilho racial, mas também pelo filme em si.

O mesmo possui umas piadinhas bem pesadas, onde entram na brincadeira negros, gordos e strippers. Porém, nos Estados Unidos, pode-se dizer que as opiniões estão bem balanceadas entre “é bom para se divertir” e “perdi uma hora e meia da minha vida”. Mas opinião é assim mesmo, e sempre uma vai se diferenciar da outra, o bom mesmo é, se você gostar de comédia do tipo, tirar suas próprias conclusões.

Entretanto, na nossa opinião, o filme tem seus momentos bons, como a parte de Magic Mike, que talvez seja um dos poucos engraçados. E, por falar em graça, os risos são quase inexistentes, durante alguns minutos é possível ouvir a sala em completo silêncio.

Contudo, os irmãos Wayans continuam suas sagas de paródias, talvez não como o sucesso de Todo Mundo em Pânico, mas como o legalzinho de Inatividade Paranormal e o exagerado de 50 tons de Preto.

Aimée Borges gosta de dançar ao vento, beber água gelada e sorrir para Lua. Apaixonada por contos e fadas, deixa-se levar por sua curiosidade que a transporta para um mundo ainda mais louco que o da Alice.