Na segunda metade dos anos 90, com a entrada da 5ª geração de consoles, vimos um salto evolutivo dos jogos, quando o primeiro PlayStation e o Nintendo 64 basicamente dominaram o mundo. Com exceção do N64, a maior mudança era a das mídias de jogos, que passaram a ser os CD-ROMs, que deram aos desenvolvedores muito mais possibilidades com seus títulos.  Os gamers de PC também trocariam os (inúmeros) disquetes pela nova mídia.

Além da maior qualidade de música possibilitada para os jogos, também vimos excelentes trabalhos de animação com esta geração: games que ganharam intros – as sequências de abertura – de arrepiar qualquer jogador, deixando todos com expectativa para uma grande aventura. Soa piegas, mas a palavra que define era essa. Listamos alguns destes jogos, e naturalmente os vídeos, se você também quiser relembrar!

Legacy of Kain – Soul Reaver (1999)

O segundo jogo da épica franquia Legacy of Kain começa com uma sequência que já estabelece o tom obscuro e decadente deste clássico, ao mostrar a história da inimizade entre Raziel e Kain: ao evoluir Kain passa a enxergar Raziel como uma ameaça a sua supremacia com a raça vampírica, matando-o imediatamente ao perceber que ele é o primeiro da espécie a evoluir. No entanto, o assassinato de Raziel provará ser parte de um grande esquema, quando seu espírito é mantido por uma entidade misteriosa e parte em busca de vingança. Eis uma série que merecia um remake!

Deathtrap Dungeon – (1998)

O jogo de ação e aventura da Eidos é um daqueles que envelheceram mal. É claro que, hoje em dia, a maioria dos jogos desta lista são candidatos a tal posto, mas precisamos ser claros, para que vocês entendam: a introdução a “Deathtrap Dungeon” ainda é uma das mais hilárias que já vimos. E as qualidades do título acabam aí. Na animação, vemos um azarado explorador que resolve se aventurar pelo calabouço que dá o título ao jogo, que enfrenta- sem muito sucesso – as mais diversas armadilhas. Felizmente, não é ele que controlaremos durante a aventura, mas também, com controles tão ruins e ângulos de câmera nada intuitivos, não tem quem salve este jogo, que poderia ser ótimo, do esquecimento total.

Fallout 1 (1997)

Antes de ser o híbrido entre FPS e RPG que conhecemos hoje, pelas mãos da Bethesda, Fallout teve seu início como um jogo de estratégia em visão isométrica. Nesta época, o jogo pertencia a Interplay e, embora a jogabilidade fosse completamente diferente, a promessa de fim do mundo ainda era a mesma. Certamente a animação mais sombria (e sim, um tanto tosca, porém efetiva) de nossa lista, considerando que, às vezes, um futuro como o retratado no universo desta franquia parece perfeitamente possível.

Abe’s Oddysee (1997)

Muito antes de “Cuphead”, tivemos diversos jogos de plataforma desafiantes, e “Oddworld: Abe’s Oddysee” certamente foi um deles. O clássico do PS1 e PC, já se destaca de cara com uma animação de introdução de tirar o fôlego dos jogadores, mesmo para os padrões da época, enquanto acompanhamos a história de Abe, um mudokon que tenta libertar sua espécie da escravidão. É seguro dizer que, a maior recompensa no jogo é justamente ver as brilhantes animações entre cada fase, até que você chegue a um dos dois finais que ojogo te oferece. O título teve um bem sucedido remake/reboot, intitulado “Oddworld: New’n’Tasty”, lançado em 2014.

Resident Evil 2 (1998)

É difícil decidir apenas um Resident Evil da “trilogia original”, digamos, que mereça estar nesta lista. O primeiro se destaca pelo live-action com dublagem de qualidade duvidosa e uma clara inspiração em terror trash. O terceiro, o cúmulo do caos em Raccoon City. Mas é a história de como Leon e Claire se conhecem (e se separam logo depois) que conquistou mais ainda nossos corações. Será que o remake de RE2 a caminho consegue manter o equilíbrio entre ação e terror que tivemos aqui?

E estes foram apenas cinco títulos que souberam como nos deixar na expectativa para os jogos que vieram a seguir! Sabemos que tem muita coisa ainda da época que também poderia entrar na lista, então, caso tenha sentido falta de algum, deixe sua sugestão nos comentários!