Conheça mais sobre a obra Cartas de um diabo a seu aprendiz, uma leitura indispensável para os fãs de Tolkien, Lewis e os estudiosos da religião cristã

É de conhecimento de todos os admiradores de Tolkien, que o autor tinha uma forte amizade com o companheiro e também mentor C.S. Lewis. O próprio Tolkien o adjetivo como um “grande amigo”, um “fã fiel”, um “admirador”, “infatigável homem”, e um “velho amigo”.

Além dessa amizade, Jack (o apelido de Lewis) foi uma das poucas pessoas que tiveram acesso aos manuscritos de Silmarillion, e tomou conhecimento de O Senhor dos Anéis durante seu processo de escrita. Ambos frequentavam o mesmo grupo de amigos, conhecidos como Inklings, que se reuniam com frequência em Oxford. Além disso, Tolkien teve participação ativa na conversão de Lewis ao cristianismo e seu mundo de fantasia influenciou a criação de As crônicas de Nárnia.

Em um texto muito polêmico para a época, C.S. Lewis dedicou o livro Cartas de um diabo a seu aprendiz” para o companheiro. Tolkien, por acaso, ficou sabendo que o livro era dedicado a ele pelos jornais. Entre muitas pesquisas feitas por biógrafos, há uma concordância de que o tema do livro “Cartas de um diabo a seu aprendiz” não tenha agradado Tolkien.

Em especial, o aspecto religioso da obra, na qual muitos historiadores e estudiosos do autor apontam que o descontentamento foi o fato de Lewis ter utilizado de questões religiosas sérias, ante a visão do autor de O Hobbit, que indicou que assuntos sérios assim não deveriam ser feitos de piada. Mais tarde, Lewis enviou um exemplar a Talkien, com o seguinte escrito: “Em pagamento simbólico de uma grande dívida”.

(Informações retiradas do site Tolkienbrasil.com)

Irônica, astuta, irreverente. Assim pode ser descrita esta obra-prima de C.S. Lewis, dedicada a seu amigo J.R.R. Tolkien. Um clássico da literatura cristã, este retrato satírico da vida humana, feito pelo ponto de vista do diabo, tem divertido milhões de leitores desde sua primeira publicação, na década de 1940; agora com novo projeto gráfico, tradução atual e capa dura.

Cartas de um diabo a seu aprendiz é a correspondência ao mesmo tempo cômica, séria e original entre um diabo e seu sobrinho aprendiz. Revelando uma personalidade mais espirituosa, Lewis apresenta nesta obra a mais envolvente narrativa já escrita sobre tentações — e a superação delas.

Sobre o autor: Clive Staples Lewis (1898-1963) foi um dos gigantes intelectuais do século XX e provavelmente o escritor mais influente de seu tempo. Era professor e tutor de literatura inglesa na Universidade de Oxford até 1954, quando foi unanimemente eleito para a cadeira de Inglês Medieval Renascentista na Universidade de Cambridge, posição que manteve até a aposentadoria. Lewis escreveu mais de 30 livros que lhe permitiram alcançar um vasto público, e suas obras continuam a atrair milhares de novos leitores a cada ano.

Ficha técnica:
Cartas de um diabo a seu aprendiz

Autores: C.S. Lewis
ISBN: 9788578607265
Formato: 13,5 x 20,8 cm
Páginas: 224