Finalmente chegou o mês do evento mais esperado do ano: Rock in Rio! Desde 2011, a cada dois anos o público brasileiro aguarda ansiosamente o mês de setembro chegar para assistir aos melhores shows nacionais e internacionais. Diversas atrações já passaram pelos palcos desde a primeira edição em 1985, entre elas estão Queen, Guns’n Roses, Elton John, Bon Jovi, Metallica, Britney Spears, Shakira, Red Hot Chilli Peppers, Katy Perry, Maroon 5, System of a Down e várias outras. O festival faz tanto sucesso que também já teve edições em Lisboa, Las Vegas e Madri. Mas foi no Brasil, mais especificamente no Rio de Janeiro, que começou tudo.

A cidade carioca vai receber milhares de turistas que estão atrás de seus ídolos e muitos aproveitam essa época para conhecer um pouco desse lugar cheio de lindas paisagens e atrações que vão além do Rock in Rio. São sotaques de toda parte do país, fãs de diversos estilos musicais e até turistas de países latinos que rodeiam o Brasil. Mas afinal, o que a cidade maravilhosa pode oferecer para essas pessoas em busca de diversão? Confira lugares que vocês precisam conhecer no Rio enquanto os shows não começam.

Lapa

Você gosta de samba? Gosta de rock? Gosta de funk? Não, nada disso, quer apenas sentar e jogar conversa fora num barzinho? Ou apenas tomar uns bons drinks? Bem, isso e muito mais é possível encontrar na Lapa. O bairro é um dos mais boêmicos do Rio de Janeiro e bastante eclético, assim como o Rock in Rio, agrada a todos os gostos. Se você procura uma balada com um som nas alturas para dançar a noite toda, ou quer tomar uma boa caipirinha com um preço bom, ou ainda tomar uma gelada enquanto escuta o melhor da música carioca, lá tem de tudo. E o melhor de tudo, é um lugar super acessível, tem transporte para todos os lugares, você pode usar um short e chinelo ou um salto com uma calça. Na Lapa não tem essa, você se sente confortável de qualquer maneira. Bateu aquela fome no meio da madrugada? Coma o típico podrão: bom, barato e farto! Para os que não são cariocas, o podrão são aqueles lanches vendidos em barraquinhas e que são baratinhos: cachorro-quente, hambúrguer, batata frita, entre outros. Então, agora você já sabe o que fazer a noite quando não estiver no festival. Ah, um detalhe importante: a Lapa também é um ponto turístico, então aproveite e conheça os Arcos da Lapa e a escadaria do Selarón.
Boulevard Olímpico
Da boêmia partimos para a modernidade da área portuária da cidade. O local foi todo revitalizado para as Olimpíadas 2016, mas o legado ficou para os cariocas e visitantes. Só nessa região tem cerca de 4 museus que sempre possuem uma exposição para agradar a todos os gostos, são eles: Museu do Amanhã, MAR, Instituto dos Pretos Novos, Casa da Tia Ciata e alguns outros que ficam próximos. Você pode também caminhar por toda a região e apreciar as obras de arte do artista Kobra, ao longo do trajeto é possível perceber os grafites belíssimos que ele fez e são uma atração muito procurada, estampam muitas fotos turísticas. Mas se gosta da natureza, principalmente do mar, vai adorar conhecer o recém-inaugurado aquário marinho do Rio, o AQUARIO. São cerca de três mil espécies marinhas para serem conhecidas e admiradas. Apesar de toda a reforma, o lugar ainda possui muito história dos séculos passados e logo ali atrás, no Morro da Conceição, um lugar que não possui crime organizado ou algo do tipo, você pode conhecer um jardim suspenso do Valongo, a Pedra do Sal, a igreja de São Francisco da Prainha, etc. Mas se você só quer apreciar a vista, também veio ao lugar certo. E o que não falta são opções para comer, têm food trucks por todas a partes.
Mirante do Leblon
Boa parte dos visitantes querem aproveitar as praias cariocas, mas que tal fugir do óbvio? Muitas vezes apreciar uma parte da orla carioca de um ponto turístico com uma visão panorâmica faz toda a diferença. Bem, o Mirante do Leblon é exatamente isso. Localizado na Zona Sul do Rio, ele fica no fim da praia do Leblon, em um grande deck de madeira acima das pedras da orla. Do mirante é possível ver toda a extensão de Ipanema e Leblon à esquerda e à direita São Conrado, já na parte de trás é possível ter uma visão do Corcovado, e acreditem, são paisagens lindas. É um lugar perfeito para tirar muitas fotos, um ótimo cenário. Além disso, você pode sentar em um dos quiosques que tem ali e tomar um suco, uma água de coco e apenas admirar cada pedacinho da cidade maravilhosa.
Catedral
Toda cidade grande possui diversas igrejas católicas históricas e centenárias, no Rio de Janeiro não seria diferente. No Centro, existem várias delas a cada esquina e você pode fazer um roteiro para visitar cada uma, porque são muito mais do que um local para rezar, são museus de arte, são contadoras de história da cidade. Mas uma especial deve ser visitada, é a Catedral Metropolitana de São Sebastião. Construída na década de 70, possui uma aparência moderna e inspirada nas pirâmides que o povo Maia construiu. A Catedral também está localizada no centro do Rio e possui um museu de arte sacra. Além de também possuir a imagem de São Sebastião, o santo padroeiro da cidade. A grandeza da igreja sempre impressiona os turistas e volta e meia acontecem celebrações solenes que podem ser acompanhadas pelos visitantes. Vale muito a pena.

Quinta da Boa Vista

Pode-se dizer que a Quinta da Boa Vista é um lugar único com muitas atrações, bem no coração da Zona Norte do Rio e é um dos maiores parques urbanos da cidade, com cerca de 155 mil metros quadrados. O lugar é antigo, faz parte da história do Brasil, onde a Família Real viveu desde sua chegada em 1808 até a Proclamação da República em 1889. Na Quinta os visitantes têm diversas opções, tem o Jardim Zoológico que recentemente foi reformado com cerca de 1.300 animais a serem conhecidos, tem o Museu Nacional que é o maior museu de história natural e antropológica da América Latina, e tem toda a área verde do lugar, onde tem um pequeno lago com pedalinhos para serem alugados. Nos fins de semana, a área verde fica lotada de pessoas que fazem piqueniques, sessão de fotos, brincadeiras com as crianças, encenações variadas, meditação, entre outros. O lugar nem sempre é o mais procurado pelos turistas pelo fato de não estar no Centro ou na Zona Sul, mas é um bom ponto turístico e deve sim ser mais valorizado, destino certo para a diversão.

A cidade do Rio é repleta de pontos turísticos e recebe milhares de visitantes durante todo o ano. Muitos sonham em conhecer o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, o Maracanã, o Jardim Botânico e muitos outros lugares. Mas é muito bom também fugir do óbvio e se aprofundar ainda mais na história dessa cidade. Enquanto você não estive no Rock in Rio aproveite para apreciar cada pedacinho escondido dessa cidade maravilhosa. Afinal, festivais também servem para conhecer novos lugares.