Finalmente chegamos ao mês de outubro e com ele, damos uma atenção especial a algo muito importante. Não, não estamos falando das crianças, mas sim do que esse mês nos lembra todo ano. É o Outubro Rosa! O Outubro Rosa é uma campanha criada em 1991 nos Estados Unidos para conscientizar a população sobre o câncer de mama e a importância de fazer exames de rotina. São muitos os casos que surgem a cada ano e infelizmente muitas pessoas morrem por causa dessa doença, e quando ela é descoberta no início o tratamento pode ser mais eficaz. Bem, o mundo inteiro se veste de rosa em outubro, inclusive pontos turísticos, e lugares que abraçam essa linda causa merecem ser visitados sempre. Então, se você está planejando uma viagem para esse mês, priorize esses cartões postais que vão além de sua beleza e importância histórica. Conheça-os!

  • Torre Eiffel

A Torre Eiffel é um dos monumentos mais visitados no mundo, milhões de turistas sobem a torre a cada ano. Pensar na França é lembrar deste ponto turístico que faz parte da história do país. Em 1889, cem anos após a Revolução Francesa, o governo francês lançou um concurso para os melhores designers do país a fim de escolher o melhor projeto arquitetônico que seria construído no Champ de Arms, no centro de Paris. O projeto do engenheiro Gustave Eiffel foi o escolhido e na época se tornaria a maior estrutura construída pelo homem, com 324 metros de alturas que utilizou cerca de 7.300 toneladas de ferro. Em uma palestra sobre o projeto, Eiffel declarou “Não só a arte do engenheiro moderno, mas também o século da Indústria e Ciência em que estamos vivendo, e para o qual foi preparado o caminho pelo grande movimento científico do século XVIII e pela Revolução de 1789, para a qual este monumento será construído como uma expressão de gratidão da França.” Além de grande importância para a população francesa, o lugar complementa o clima romântico do país, recebendo visitantes diariamente e já foi cenário para diversos filmes. Moderna, histórica e a favor de boas causas, pois vestida de rosa fica mais bonita ainda.

  • Torre de Pisa

A Torre de Pisa fica na cidade de mesmo nome na Itália. Ela é muito conhecida por ser uma construção inclinada, antiga e que não possui essa inclinação de propósito, e uma curiosidade: foram quase 200 anos para a torre ficar pronta. A construção teve início em 1173, o objetivo era haver um campanário, uma torre com diversos sinos, para a catedral da cidade, a Catedral de Pisa. Mas após alguns anos a obra teve que parar por causa de batalhas de aconteciam na época e só retornaram ao trabalho em 1272. Somente em 1284 construíram até o sexto andar e novamente pararam. Finalmente terminaram o sétimo andar em 1272, e a torre possui 56,7 metros de altura e quase 300 graus. Muitos lembram da torre por causa do cientista Galileu Galilei, que provou sua teoria de que o peso não interfere na velocidade de um objeto jogando duas balas de canhão de massas diferentes de cima da torre. A inclinação da Torre de Pisa aconteceu depois que o primeiro andar estava pronto, e isso se deu pelo fato de o solo ser fraco e instável. Mas isso não teve nenhuma importância para a beleza da construção, pelo contrário, a Torre de Pisa é uma obra de arte toda feita de mármore branco e o fato de ser um pouco caída só facilita na criatividade dos turistas ao tirarem suas fotos.

  • Casa de Ópera

Também conhecida como Teatro de Sydney, o lugar é um dos edifícios mais belo e admirado em todo o mundo. O principal ponto turístico da Austrália recebe milhares de visitantes, seja dentro do lugar ou para apenas apreciar e registrar essa construção moderna e encantadora. Assim como a Torre Eiffel, também foi feito um concurso internacional para escolher o projeto do lugar e o arquiteto dinamarquês Jørn Utzon foi o vencedor. A construção começou em 1959 e terminou apenas 14 anos depois. Apesar de ser conhecido como Teatro de Sydney e Ópera de Sydney, o lugar oferece muito mais do que um espaço onde ocorrem apresentações artistícias, pois são centenas de divisões, entre elas bares, estúdios, teatros, auditórios, restaurantes e lojas. Além da beleza da construção, a Ópera está localizada na Baía de Sydney, o que torna o cenário ainda mais bonito, e o formato da instalação remete a isso, pois lembra as velas de um veleiro, barcos bem comuns na região litorânea da Austrália. Em 1973, o prédio foi inaugurado por uma mulher, a Rainha Elizabeth II e desde então passou por algumas reformas e modernizações. Desde 2007 é Patrimônio Mundial da UNESCO, Utzon ganhou um prêmio pelo projeto em 2003 e a construção é considerada um monumento de tecnologia do século XX. E claro, também é cenário de filme, uma das mais assistidas animações da Pixar, “Procurando Nemo”.

  • Torre de Tóquio

Esse monumento é uma torre de comunicação que possui 333 metros de altura e tem sua estrutura inspirada na Torre Eiffel, mas o material utilizado foi o aço e seu tamanho ultrapassou o ponto turístico da França. A construção foi erguida em 1958 e já recebeu mais de 160 milhões de visitantes desde a sua inauguração, é um dos pontos turísticos mais visitado do Japão. O lugar possui múltiplas funções e faz da história do país que é uma das potências mundiais. Na década de 1950, houve a necessidade de uma torre de transmissão que pudesse atender a demanda das rádios e da nova tecnologia da época, a televisão. Sendo assim, o monumento marca a ascensão do Japão na economia global e se torna uma referência em modernidade e tecnologia, lembrando que o país tinha acabado de passar pela Segunda Guerra Mundial e estava se reerguendo aos poucos, esse passo através da torre é tido como um milagre econômico. Mas o lugar não tem apenas a função de antena, ele tem um prédio de quatro andares com restaurantes, lojas, museus e galerias. E além desse leque de opções, a torre também possui três níveis diferentes de observação, nos quais os visitantes podem apreciar a vista da moderna Tóquio. Desde 2000 a torre se veste de rosa no mês de outubro em prol da campanha do câncer de mama.

  • Cristo Redentor

A estátua está localizada no Rio de Janeiro e desde 2007 é considerada como uma das sete maravilhas do mundo, título que foi adquirido por meio de voto popular, e milhões de pessoas ao redor do mundo votaram nesse monumento brasileiro. O Cristo está localizado no topo do morro do Corcovado que fica a 709 metros do nível do mar e a construção possui um total de 38 metros de altura. A construção foi inaugurada em 1931 e retrata a figura de Jesus Cristo. A ideia veio de um grupo católico do Rio, que montou um evento para arrecadar fundos e assinaturas a favor da estátua católica. O projeto é do engenheiro Heitor Silva da Costa e começou a sair do papel na década de 1920, foram cerca de 10 anos para ficar pronto. Os materiais usados são basicamente concreto na parte interna e pedra sabão na externa, que facilitou na hora de esculpir os detalhes do Cristo. O ponto turístico recebe milhões de visitantes ao longo do ano e após algumas reformas esse número aumentou, até porque antigamente era preciso subir uma grande escadaria para chegar ao Redentor, mas hoje em dia existem escadas rolantes e elevadores. Para subir o morro do Corcovado existem algumas opções, o bondinho que passa por dentro da Floresta da Tijuca, transportes credenciados ou através de trilhas. A vista lá de cima é única e encanta a todos. Constantemente o cartão postal recebe iluminação especial de acordo com o momento vivido no país ou no mundo e no Outubro Rosa não é diferente, o Cristo Redentor fica ainda mais bonito.

Diversos lugares ao redor do mundo ficam rosa no mês de outubro por uma única luta, para chamar a atenção, para lembrar a importância da saúde. Existem diversas campanhas ao longo do ano para ressaltar que a vida de cada um é importante e existem diversas maneiras de se ajudar. Passar por um câncer é difícil, mas receber o apoio do mundo todo é de extrema importância. Ainda existem muitas pessoas que deixam de fazer exames preventivos e a iluminação rosa em pontos turísticos conhecidos e muito visitados só traz mais aliados para essa linda campanha. Visite esse lugares em outubro, tire fotos rosadas e mostre a todos que existe algo além da beleza do monumento, da sua história, do seu objetivo, da sua importância, existe uma causa sendo abraçada e todos nós devemos abraçá-la também.