Em Março de 2016, o querido “trio Braza” esteve na zona portuária do Rio para gravar seu primeiro “ao vivo”. Isso mesmo, Danilo, Nícolas e Vitor, que deram vida ao projeto no começo do ano passado, já desaguam em nós mais um conteúdo musical impecável, resultante de muito trabalho e evolução.

“Braza” fez uma grande estréia e a cada dia sustenta com muita honra o espaço que estão conquistando. São shows muito bem organizados, investimento no trabalho artístico não só musical, visual também. São muitos os motivos para essa banda ter seu espaço garantido na nossa coluna sobre música. Diria que um dos fatores mais importantes é a sinceridade na mensagem.

Os Operários do Som! / Foto: AF Rodrigues

A banda gravou seu primeiro trabalho ao vivo no armazém número 6, o “Armazém da Utopia”. Os músicos encontram-se sozinhos, organizados em um círculo apresentando alguns sucessos do primeiro CD da banda, para ser mais exata 5 faixas.

A escolha do lugar, assim como todos os passos que a banda têm dado, é carregado de sentido. A Zona Portuária está em processo de revitalização, é uma obra gigantesca. Cheia de benefícios e malefícios. Para que essa obra fosse possível, muitos seres humanos ficaram sem suas casas.

Foto: AF Rodrigues

“Uma obra monumental, com benefícios, malefícios e contradições. Nada ali é como 1 ano atrás. Nada ali será como 1 ano à frente. Não por acaso, escolhemos esse lugar para filmar o primeiro material ao vivo do BRAZA. No armazém número 6, o Armazém da Utopia. Um galpão centenário, casa da companhia teatral Ensaio Aberto, que abriga também produções ligadas à música, dança e artes visuais.” (Colocação do Braza em sua FanPage no Facebook).

A obra realizada pelo Braza é muito bem trabalhada esteticamente e é uma ótima apresentação da banda, devido a qualidade do som e improvisos, prelúdios e somas nos arranjos musicais que só rolam no ao vivo.

O trio ainda não tem DVD gravado, então “Obra Utopia” é um projeto que mostra a interação entre os músicos, suas energias, movimentos e como dialogam em apresentação. Muito importante para quem ainda não teve a oportunidade de conferir o trabalho dos caras em algum show.

Vale salientar que o curta foi exibido em primeira mão pelo Canal Bis.

Aumenta o som e dá o Play!

Ficha Técnica

BRAZA: Obra Utopia

Nícolas Christ: Bateria

Danilo Cutrim: Voz e Guitarra

Vitor Isensee: Voz e Teclados

Lelei Gracindo: Sax e Flauta

Pedro Lobo: Baixo

Pedro Schroeter: Percussão

Direção: Wilson Domingues

Roteiro: Braza e Wilson Domingues

Edição e Desenho de Som: Frado

Fotografia e Finalização: Wilson Domingues

Câmeras: Wilson Domingues, Daniel Pardal e Af Rodrigues.

Produção: Bruno Dhi Genaro e Bruno Negreiros

Roadies: Bruno Dhi Genaro e Pedro Schroeter

Engenheiro de Gravação e Técnico de Monitor: Marcos Doñate

Mixagem: Pedro Garcia

Captação de Áudio: Unidade Movel Sonagan – Técnico Responsável: Leonardo Rocha

Backline: HR Estúdio

Sonorização: 220dB – Técnico Responsável: Paulo Roberto

Iluminação: Cláudio Dionísio e Marcelo Couto

Operacional: Bruno Peixoto e Joilson Santos

Motorista: Adriano Camargo

Agradecimentos: Armazém da Utopia e Milenar Produções

Por Letycia Miranda

CLOSE
CLOSE