Quem nunca viu um filme incluso em uma determinada categoria, mas que, após assistir, acabou percebendo que ele não tinha nada a ver com ela? Eu consigo citar pelo menos três filmes que vieram parar aqui.

Estava algumas semanas atrás em uma rede social quando uma pessoa perguntou qual a melhor comédia de Jim Carrey e, entre os escolhidos, havia “O Show de Truman”. E mesmo que nove entre dez pessoas (inclusive eu) dissesse ao autor da postagem que o filme não era comédia, ninguém conseguiu demovê-lo porque, segundo ele, nas locadoras (que descanse em paz, finada locadora) sempre aparecia nas fileiras de comédia. Porém, sejamos honestos: se você assistiu Truman pode até achar bonitinho, mas ver uma pessoa que desde cedo é uma marionete e sua vida sempre foi televisionada e assistida por milhões de estranhos sem poder tomar uma decisão (ou realmente ter consciência sobre o que está acontecendo) não é engraçado.O gênero da “dramédia” acabou sendo “inventado” para categorizar esses filmes que não eram exatamente comédias, mas que também não poderiam ser indicados como dramas: você ri um pouco, mas acaba descendo uma lágrima (ou algumas). Agora, o que dizer quando um filme definitivamente não é terror, mesmo que o nome seja algo tipo “O Advogado do Diabo”? Indiquei esse filme para uma amiga que inculcou tanto em relação ao título, que mesmo que eu jurasse de pés juntos que ela conseguiria dormir a noite, ela preferiu não ver, apenas por terem classificado o longa como terror há 20 anos. Eu não sei como eu classificaria The Devil’s Advocate, mas certamente não seria como assustador! E o diálogo final entre Al Pacino e Keanu Reeves, com certeza, é uma daquelas cenas memoráveis.Continuando em filmes do “Vampiro” Reeves*, temos um bem recente e que também se encaixa na ordem dos filmes sem classes: “O Demônio de Neon”. Categorizado como terror, eu costumo dizer que ele é, na verdade, baseado em fatos. Reconheço muitas classes sociais que poderiam ser retratadas como o que o longa mostra, mas não com tanto glamour e nem com a Elle Fanning como atriz principal. Nem de longe ele cabe na prateleira de sustos, tampouco na de suspense ou algo do tipo.Provavelmente, deve-se criar uma nova classificação porque as que já existem não são mais suficientes para as produções que estão vindo por aí. E eu nem deveria parar por aqui, mas, se continuasse, listaria outros títulos até 2050! É que tenho mais alguns filmes errados para assistir.

* Vampiro Reeves? Depois farei um texto sobre o fato de Keanu Reeves ter nascido na Idade Média e ser ter parentesco com Drácula. Ele só não brilha feito purpurina quando é exposto ao sol.

CLOSE
CLOSE