Depois de ser anunciado como headliner na edição do Lollapalooza Brasil 2018, o Pearl Jam volta ao Rio de Janeiro como já haviam os comentado por aqui. Em sua última visita, a banda esgotou os ingressos de sua apresentação no Estádio do Maracanã (mais de 60 mil pessoas), e agora eles voltam para uma apresentação única no mesmo local, marcada para o dia 21 de março de 2018, com a abertura do Royal Blood, apresentado por Cartão Elo e realização da TIME FOR FUN e da C3 Presents.

O fã-clube oficial teve pré-venda exclusiva entre os dias 06 e 07 de novembro. Clientes cartão Elo tiveram a pré-venda exclusiva entre os dias 08 e 09 de novembro, começando 00h do dia 08 pela internet, e 10h na bilheteria oficial, (sem taxa de conveniência) no Km de Vantagens Hall RJ, e nos pontos de venda espalhados pelo Brasil. Para o público em geral, as vendas começaram as 08h de hoje, 10 de novembro, pela internet e 12h na bilheteria oficial e pontos de venda espalhados pelo Brasil. Clientes cartão Elo poderam parcelar os ingressos em até 5x durante a pré-venda e agora podem fazer em 3x durante a venda para o público geral. Já os clientes de demais cartões podem parcelar em até 2x.

R$9,00 de cada ingresso vendido será convertido como contribuição de caridade para a Fundação Vitalogy, uma instituição de caridade pública dos Estados Unidos. A Fundação Vitalogy apoia organizações sem fins lucrativos que realizam trabalhos louváveis nos campos da saúde comunitária, do meio ambiente, das artes e educação e da mudança social. Para mais informações, acesse o site.

Royal Blood

No fim de 2015, a Royal Blood tinha – em termos de álbum de estreia – basicamente conquistado o mundo.

Foi tudo florescente e excitante. Na época não estava claro para gente o que acontecia. É como quando você coloca um sapo na água e lentamente o cozinha, ele apenas vai morrer, ele não saberá que a temperatura está mudando. Éramos o sapo na água e estávamos furiosos. Estávamos apenas no modo de sobrevivência. Cada show estava ficando maior, fazíamos tudo pela primeira vez. Não havia um objetivo final, era do tipo “quando essa turnê vai parar?” Era como essa rampa que estava ficando cada vez mais íngreme e mais íngreme. Não houve nada baixo, foi muito emocionante. Nunca mais teremos essa experiência.” – Mike

Então chega novembro de 2016, Ben e Mike – o Royal Blood – emergiram com “How Did We Get So Dark?“, um segundo álbum que os coloca lado a lado de Queens Of The Stone Age e Muse em termos de poder melódico enquanto refinam a dupla mística que mantém o Royal Blood na vanguarda do rock britânico do terceiro milênio.

Pearl Jam

2015 foi o ano que marcou os 25 anos de Pearl Jam ao vivo. A banda, depois do lançamento de dez álbuns de estúdio e centenas de shows únicos a banda, continua a ser aclamada pela crítica e comercialmente bem-sucedida. Com mais de 60 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo. Em abril deste ano (2017), o Pearl Jam foi induzido no Rock and Roll Hall of Fame.

O Pearl Jam lançou o 10º álbum de estúdio, “Lightning Bolt“, em outubro de 2013, pela Monkeywrench Records/Republic Records. Ele foi premiado com um Grammy, estreou no 1º lugar da Billboard Top 200 e na 1ª posição do iTunes em mais de 50 países.

Em comemoração às lendárias performances de Pearl Jam no Wrigley Field nos dias 20 e 22 de agosto de 2016, durante a temporada histórica do Campeonato Mundial do Chicago Cubs, Pearl Jam lançou recentemente o documentário “Let’s Play Two” e o álbum de trilha sonora. Detalhes completos você encontra aqui. Já as informações do show que você não pode perder, você encontra em nossa agenda.

Agenda