O diretor Pedro Antonio (de “Tô Ryca” e “Altas Expectativas”) começou a rodar ontem no Rio a comédia “Um Tio Quase Perfeito”, que marca a estreia do ator e humorista Marcus Majella como protagonista nos cinemas. O roteiro foi inspirado em um dos family films de maior sucesso da década de 90, “Uma Babá Quase Perfeita”, de Chris Columbus. Com produção de Mariza Leão e Erica Iootty, da Morena Filmes, coprodução da Sony Pictures e distribuição da H2O Films, o longa será filmado em diferentes locações no Rio até o dia 23 de setembro.

Na nova história, com estreia prevista para 2017, Tio Tony (Majella) é um adorável trambiqueiro que vive de bicos como estátua viva, cartomante, pastor e sempre conta com a cobertura da mãe, Cecilia (Ana Lucia Torre). Quando eles são despejados do muquifo onde moram, procuram a irmã de Tony, Angela (Letícia Isnard), com quem não falam há anos.

Ela tem três filhos, Valentina, de 5 anos; João, de 10; e Patricia, de 14, que mal conhecem a avó e o tio. Como Angela tem uma viagem de trabalho marcada e a babá não aparece, acaba aceitando o irmão e mãe em casa por uma temporada para ficarem com as crianças. A partir daí, os pequenos ficam nas mãos dessa dupla, que não tem a menor habilidade e provoca muitas confusões nas suas rotinas. A convivência inusitada acaba virando a vida de todos de cabeça para baixo.

Os atores-mirins Julia Svacinna (Patricia), Sofia Barros (Valentina) e João Barreto (João) foram selecionados depois de dezenas de testes e todos os três farão seus primeiros papeis no cinema. O elenco de “Um Tio Quase Perfeito” conta ainda com Gustavo Nader, Eduardo Galvão, Bia Montez, Osvaldo Mil.

CLOSE
CLOSE