Os segredos da floresta

Parece mesmo que o terror está em alta. O ano de 2016 está aí para provar. Previsto para estrear em 17 de março, o filme “Floresta Maldita” (The Forest, EUA, 2016) foi rodado todo na própria floresta chamada Aokigahara, situada na base do Monte Fuji, no Japão, que por sinal é o mesmo cenário do longa “Sea of Trees” (2015), estrelado por Matthew McConaughey.

Estrelado pela atriz Natalie Dormer (Jogos Vorazes – A Esperança Parte 1 e Final, Game of Thrones), o elenco conta ainda com Taylor Kinney (Mulheres ao Ataque, Chicago Fire) e Yukiyoshi Ozawa. O terror marca a estreia de Jason Zada na direção de longa-metragem.

Mas falando sobre o filme, a história gira em torno de Sara (Natalie Dormer), uma jovem americana que vai em busca de sua irmã gêmea, desaparecida misteriosamente. Apesar das advertências de todos para manter-se na trilha, Sara entra na floresta determinada a descobrir a verdade sobre o destino de sua irmã, mas acaba sendo confrontada pelas almas atormentadas e irritadas dos mortos que estão à caça de qualquer um que se aventure a vagar pela floresta.

A Floresta Aokigahara, também conhecida como Mar de Árvores, é uma floresta de 35km² situada na base noroeste do monte Fuji, no Japão. Contém um grande número de rochas e cavernas de gelo, alguns dos quais são pontos turísticos populares. Devido à densidade das árvores, que bloqueiam o vento, e à ausência de vida selvagem, Aokigahara é conhecida por ser estranhamente silenciosa. Contam-se muitas lendas acerca dela. Algumas a relacionam com demônios e espíritos malignos característicos da mitologia japonesa, e é conhecida por ser um local comum de suicídios. Em média, são encontrados cem corpos por ano, alguns em avançado estado de putrefação ou até mesmo somente seus esqueletos.