A respiração como sua melhor aliada

Conte até dez… inspira… expira… quantas vezes você já não ouviu falar para respirar fundo quando se pegava em algum momento de raiva? Pois é, esses conselhos não são em vão!

A Ciência já comprovou que a respiração correta é um grande aliado em vários setores da nossa vida. Muitas vezes, procuramos encontrar lá fora respostas para situações que podemos encontrar solução aqui dentro, dentro de nós mesmos.

Inspirar e expirar é tão automático no dia a dia que a gente nem pensa que pode usar essas ações para melhorar o desempenho em outros setores de nossas vidas. Como na ginástica, no controle do stress, da ansiedade e até mesmo, no emagrecimento.

“A respiração correta aumenta a oxigenação das células e dos tecidos do organismo, elimina toxinas e garante corpo e cabeça energizados”, explica Maurício Tavares, instrutor de respiração da ONG Arte de Viver.

Devido à pressa e à poluição do dia a dia, cada vez mais nossa respiração é superficial e falha. Com isso, deixamos de usar a capacidade total do pulmão e de aproveitar o oxigênio que inspiramos.

A ciência já comprovou que a ação da respiração sobre o sistema nervoso autônomo, que controla as reações do corpo em situações de alerta, libera substâncias que alteram a temperatura corporal e a pressão arterial, retornando ao seu estado normal.

Isso explica porque os médicos vêm, cada vez mais, indicando exercícios respiratórios para tratar hipertensão, stress e ansiedade.

Além disso, o que muitas pessoas não sabem é que a respiração tem relação íntima com nosso estado emocional. Quando estamos nervosos, tristes, ou sob alguma situação estressante, a nossa respiração é extremamente influenciada. Podemos ficar ofegantes e ter dificuldades para respirar.

Dessa maneira, como o que sentimos reflete no nosso ritmo respiratório, o contrário também é verdadeiro: podemos controlar inspiração e expiração para induzir a calma.

De acordo com um estudo indiano realizado com três grupos de pacientes com depressão, o índice de redução dos sintomas da doença em quem praticava a respiração orientada era de 67%, a mesma porcentagem de uma pessoa que consome medicamentos antidepressivos.

O que só prova que tudo o que precisamos para deixar nosso corpo em um estado de harmonia está dentro de nós. E isso acontece até mesmo quando o assunto é emagrecer. Para entender como a prática correta da respiração auxilia no emagrecimento, é preciso saber qual a relação entre ela e o sono.

Quanto menos você dorme, mais o organismo produz o hormônio grelina (que aumenta a fome) e menos libera leptina (que controla a saciedade). De acordo com a professora de Yoga do YogaFlow CIYMAM, Márcia De Luca:

“A respiração completa ajuda a massagear os órgãos responsáveis pela digestão, tornando o processo mais eficiente e auxiliando na quebra da gordura do corpo”.

E não para por aí. A beleza também agradece quando você se concentra na respiração. Afinal, com uma melhor oxigenação dos tecidos, a pele fica luminosa e jovem por mais tempo.

O mesmo estudo médico, conduzido na Índia, mostrou que após cinco meses de prática da técnica aplicada contra depressão, os voluntários apresentaram mais antioxidantes no organismo – substâncias capazes de frear o envelhecimento não só da pele, mas do corpo todo.

A respiração tranquila garante ainda um sono melhor, o que faz uma diferença na hora de olhar no espelho pela manhã, já que é durante a noite que ocorre a liberação de substâncias responsáveis pela regeneração dos tecidos.

Preste atenção no seu corpo, cuide dele. Pratique exercícios. Respire melhor, com calma. São dicas banais, clichês. Mas, realmente, fazem toda a diferença para estar em sintonia com a nossa melhor forma, sempre.

E você, já prestou atenção na sua respiração hoje?