Review: Dynasty (S01 Ep10 – “A Well Dressed Tarantula”)

Com todas as bombas possíveis deixadas no episódio anterior, “A Well-Dressed Tarantula” continua a narrativa dos mistérios e até acrescenta alguns detalhes para a trama. Na cena final – ou diríamos susto final? –, a volta de um personagem importante no passado de Cristal (Nathalie Kelley) fará toda a diferença para o desenvolvimento da volta da mid-season.

Atenção: o conteúdo abaixo possui spoilers do nono episódio de Dynasty. Confira os outros reviews aqui.

Para os que esperavam ser os únicos a saber do retorno do falecido pai de Sammy Jo (Rafael De La Fuente), já podem começar a ficar desapontados. A decisão dos roteiristas foi de não enrolar o retorno do cunhado de Cristal e, sim, mostrar logo o intuito do então desaparecido.

Não é muito difícil de imaginar que o tal motivo poderia estar ligado a vingança. Contudo, desde o início do capítulo, foi mostrado o plano, aparentemente, bem bolado do venezuelano. Iria não só deixar Blake (Grant Show) em maus lençóis, como fazer com que a esposa do milionário fosse a responsável. De fato, acreditamos, junto com Alejandro (Luis Fernandez), que Celia/Cristal estava encurralada e seguiria exatamente como foi mandado. Até o desfecho do episódio, veremos a cartada final e quem será o vencedor do jogo.

Enquanto isso, é aniversário de Fallon (Elizabeth Gillies) e, obviamente, a extravagância será essencial para a execução da festa de 25 anos da herdeira. Como uma metáfora para o seu momento atual, a caçula de Blake resolve ter como temática o rei Midas, da história em que tudo que toca, vira ouro. Consequentemente, é possível entender que os negócios vão bem e a grande preciosidade de Fallon – o dinheiro – está crescendo em grandes quantidades.

Botando o trabalho à parte, ela continua investindo em seu relacionamento recente com Jeff Colby (Sam Adegoke), sem ter noção do que já sabemos sobre intenções por trás dos panos. Contudo, como, nitidamente, ainda há sentimentos em relação a Michael (Robert Christopher Riley), a patricinha não irá se contentar com a traição da amiga Monica (Wakeema Holis) ao se jogar nos braços do ex. Fallon sendo Fallon, haverá muita alfinetada, mas, por incrível que pareça, em um nível bem inferior do que estamos acostumados.

Quanto ao outro membro da família, Steve (James Mackay), supostamente, deveria ir para a reabilitação, mas sua atenção está voltada para algo que só descobrimos conforme o andamento do episódio. Além de ser um ato altruísta, ele arrasta Sammy Jo como ajudante.

São quarenta e dois minutos intensos, com muitos acontecimentos. Se “Dynasty” fosse uma novela, quem perdesse esse dia, ficaria confuso para o seguinte. Alejandro apareceu também para o filho e faz a cabeça do mesmo contra a tia e a família Carrington. Ainda assustado com a revelação da identidade do pai e, principalmente, com o próprio estando vivo, Sammy escolhe o lado dos pais.

Trabalhando em conjunto com o marido, aparece Iris, a irmã de Cristal. Apesar da mais nova ficar surpresa com a ajuda por trás de tudo ser de sua parente próxima, elas cortam laços – atitude que deveria ter sido tomado desde o episódio a priori.

No final, há o clímax que, sinceramente, não era esperado. Tudo indicava o fracasso de Cristal, tanto em relação ao seu emprego, como sua relação amorosa com Blake. Porém, mais uma vez, a finalização dessa parte foi surpreendente e mostrou, novamente que, apesar de muitas brigas, os Carrington se juntam para um bem maior.

Review: Dynasty (S01 Ep10 - "A Well Dressed Tarantula")
8.5Pontuação geral
Votação do leitor 0 Votos
0.0
CLOSE
CLOSE