Review: The Walking Dead (S08 Ep05 – “The Big Scary U”)

The Walking Dead parece estar afundando e os números da audiência confirmam isso. Mas, o último episódio “The Big Scary U” veio para tentar retomar o cliffhanger do episódio piloto, onde Negan e o Padre Gabriel ficaram presos em um trailer e cercado por zumbis. Confira a crítica do quinto episódio.

Atenção: a matéria possui spoilers do quinto episódio da oitava temporada de The Walking Dead. Leia os outros reviews aqui

O episódio começa com um flashback, onde Negan, Dwight, Eugene, Simon e outros Salvadores estão com Gregory no Santuário. Essa cena, na verdade, explica o que estava acontecendo ali antes do ataque de Rick no primeiro episódio da temporada atual. Gregory estava negociando uma saída para poupar Hilltop de danos em toda essa guerra, mesmo que naquele momento os cidadãos não mais o considerassem o líder, e sim, Maggie (Lauren Cohan). Não muito tempo depois, os primeiros tiros são escutados do lado de fora do Santuário e Negan sai com seu grupo para ver o que é.

No momento atual, Negan e o Padre Gabriel estão presos em um trailer cercado por zumbis. A questão aqui é como estão os Salvadores acreditando que Negan provavelmente está morto, e que isso pode significar a ruína dos antagonistas. Muitas vezes, o vilão faz piadas nada cômicas, mas parece mais um reflexo de como ele transparece o seu medo, o medo de ver seu império ruir, até mesmo apostando em falar demasiadamente de sexo.

Gabriel, nas suas ilusões, tenta fazer Negan acreditar que existe uma missão ali: a de fazê-lo confessar. Ele questiona sobre os trabalhadores e as esposas do antagonista, sobre como ele tirou o livre arbítrio dessas pessoas no apocalipse. Não ficamos sabendo muito do vilão, ou pelo menos nada relevante, além de que ele tinha uma esposa antes do apocalipse e a traiu. Mas o que isso acrescentou na trama? Nada. Parece que The Walking Dead procurou com “The Big Scary U” humanizar Negan, uma vez que ele não assusta mais como assustou no primeiro episódio da sétima temporada da série. Ou seja, agora é a hora de sentir pena dos Salvadores.

No mais, também ficamos sabendo que os Salvadores já estão desconfiando que algum deles está passando informações para o grupo de Rick. Nesse caso, é Dwight, e Eugene parece que está começando a perceber isso – e se fazer útil pra trama. Os trabalhadores, que estão passando mal com o calor, resolvem ir até o segundo andar e confrontar os Salvadores restantes. Após uma confusão envolvendo tiros, Negan retorna com Gabriel ao Santuário (eles saíram do trailer após se cobrirem com as vísceras de um zumbi.).

Deixando um pouco o vilão de lado, os dois mocinhos Rick (Andrew Lincoln) e Daryl (Norman Reedus) tem uma briga por conta de suas opiniões diferentes. Eles acabam seguindo para lados diferentes procurando continuar com a missão de encontrar as armas, até que tudo muda para Rick ao ver um helicóptero no céu.

O episódio termina assim e abre espaço para uma possível esperança naquele helicóptero. Agora que as linhas cronológicas estão alinhadas, também fica mais fácil para a série parar com esses episódios focados que há tanto tempo são rejeitados pelos fãs. Afinal, o caminho pra The Walking Dead continuará sendo tumultuado? Só assistindo para saber.

Review: The Walking Dead (S08 Ep05 - "The Big Scary U")
5Pontuação geral
Votação do leitor 1 Voto
8.0