Na primeira temporada de “The Handmaid’s Tale”, o destino incerto de Emily (Alexis Bledel) levantou muitas questões. Na república de Gilead, marcada pela tirania religiosa por parte dos governantes, há dois caminhos para traidores: ser enforcado no muro ou mandado para as colônias. Contudo, o produtor executivo Warren Littlefield contou, em entrevista ao TV Guide, que a segunda temporada focará mais em Ofglen (Emily), tanto no passado quanto no presente: “Através de flashbacks somos capazes de voltar para o passado e trazê-la para o presente. Eu acho que é eficaz, Alexis é uma atriz excepcional.”

No final da primeira temporada, a personagem de Bledel se rebelou ao roubar um carro de um dos seguranças. Na trama, as mulheres perdem seus direitos e, um deles, é o de dirigir. Assim, para ser punida, Emily foi levada em uma van, mas não se sabe para onde e nem o que acontecerá com a personagem.

No começo do mês algumas imagens da segunda temporada de “The Handmaid’s Tale” foram divulgadas, onde mostravam Offred (Elizabeth Moss), as outras Handmaid’s e as Colônias. A segunda temporada estreia no dia 25 de Abril, no Hulu. Aqui no Brasil, a série chega ao canal Paramount em março.

CLOSE
CLOSE