O filme Fallen, lançado no dia 8 de Dezembro em todos os cinemas do Brasil e dirigido pro Scott Hicks, é uma adaptação cinematográfica da saga de livros escrito por Lauren Kate. O elenco é composto pelos seguintes atores e personagens: Addison Timlin (Lucinda Price), Jeremy Irvine (Daniel Grigori), Harrison Gilbertson (Cameron Biel), Lorla Kirke (Penn), Joely Richardson (Ms Sophia), Daisy Head (Arriane Alter) e outros.

Fallen conta a história de uma adolescente acusada de assassinato que, por esse motivo, é encaminhada para uma escola especializada em cuidar de adolescentes problemáticos, com diversos casos psiquiátricos, e com muitas regras a serem cumpridas. Corriqueiramente, a adolescente sofre com determinadas lembranças de outras vidas, além de visões e/ou presságios conturbados.

A forma como os jovens expõem os seus sentimentos e as suas dificuldades, está definida nas relações dos personagens. Ou seja, está definida no momento que eles vivem o lado oculto e misterioso desta fase, com seus conflitos e incertezas explícitos nas cenas.

A personagem Penn conta para a amiga, Lucinda Price, sobre a falta dos seus pais, dando a entender uma relação de abandono, demonstrando sensibilidade e uma profunda tristeza. As duas criaram uma irmandade, onde projetaram todo o seu afeto.

Ela também cultiva um sentimento de paixão sem ter a oportunidade de viver, fica dentro do Universo da adolescente encantada pelo rapaz e sofre mais uma perda. O filme é bastante simbólico, vai nos dizendo a cada momento, através do ocultimo, as sensações de cada personagem e definindo o campo emotivo.

Quando existe este abandono, sentimos a necessidade de criarmos novos laços, pode ser através do casamento, ambiente de trabalho, algum lugar aonde nos acolhem, o importante é preencher a falta. As personagens do filme tem a aparência sombria e sofrem pelo vazio que sentem.

Por fim, Penn demonstra uma estrutura psicológica firme e equilibrada, dentro do contexto de quem sofreu uma rejeição. Outros casos, poderia se revoltar e ter interesse por atividades que a levassem a vícios e perturbação mental. Tem bastante sensibilidade, demonstra caráter e força de vontade. Conseguiu estabelecer vínculos importantes, algo que não aprendeu com os pais, e firmeza ao falar.

Por Marina Andrade