Julian Fellowes, criador de “Downton Abbey”, vem trabalhando desde 2012 em uma nova série: “The Gilded Age”. Depois que a NBC encomendou dez episódios da trama, agora a mesma já tem uma data para atingir as telinhas, em 2019. Diferente do clássico britânico, dessa vez a história se passará nos Estados Unidos, em Nova York, na década de 1880, abordando famílias que precisam aprender a evoluir depois de uma grande abundância financeira atingir a cidade.

Para Fellowes, a série é a realidade de um sonho pessoal: “Sempre fui fascinado por esse período da história americana e agora a NBC me deu a oportunidade de chegar a outro público. Eu não poderia estar mais animado e emocionado. A América é um país maravilhoso com uma história rica e variada, e nada poderia me dar mais prazer do que ser a pessoa a trazer essa história convincente para a tela”.

Em entrevista ao The Guardian, Julian Fellowes revelou que a história incluirá diversas famílias, entre elas os Astor e os Vanderblits, resistentes à mudança na época que ocorreu. Caroline Astor, a matriarca da família, era uma socialite que reconhecia a expansão da cidade de Nova York, uma mulher muito poderosa e que será o pano de fundo da trama.

“The Gilded Age” chegará em 2019 pela NBC.

 

CLOSE
CLOSE