O espetáculo “Tragédia: uma tragédia”, do conceituado norte-americano Will Eno, chega ao Rio de Janeiro para uma curta temporada na Caixa Cultural, centro, a partir do dia 25 de agosto.

Com elenco formado por Amanda Lyra, Carolina Bianchi, Rodrigo Bolzan, Rodrigo Andreolli e Zemannuel Piñero, a montagem apresenta uma equipe de telejornal durante a cobertura do fim do mundo – apresentado como metáfora do desconhecido.

Após uma tarde em que o Sol se pôs, aparentemente, para sempre, a produção de um jornal de TV envia repórteres às ruas de uma cidade para esclarecer o suposto fato apocalíptico. No meio da noite que parece ser eterna, os jornalistas veem seus medos e temores falarem mais alto do que o dever de explicar aquilo, que para eles, parece ser incompreensível.

O espetáculo retrata uma sátira à mídia jornalística e ao longo do texto se transforma em uma exploração minuciosa sobre como a humanidade testemunha uma a catástrofe e o que a faz seguir vivendo em meio à tragédia, no escuro. Will Eno explora os limites da linguagem e da comunicação como mediadoras de nossas experiências.

A diretora Carolina Mendonça optou por materializar uma atmosfera de ficção científica em algum lugar entre passado e futuro. “Busquei concretizar a escuridão e a fragilidade que isso provoca nos personagens. Também é muito forte o embate dos repórteres, que precisam falar sobre o desconhecido”, explica.

Com sessões de quinta a domingo, 19h, a peça cumpre temporada até o dia 11 de setembro no Teatro Arena.

CLOSE
CLOSE