Tendência nos redcarpets há alguns anos, as transparências estão se tornando cada vez mais queridinhas não só das celebs, como também das manas e manos causadores da vida real (nós, afinal!). Tendência que ganhou os dias (e principalmente as noites) do verão de 2017, segue sendo aposta nos dias frescos, combinadas com peças mais quentinhas sobrepostas – na verdade nem sempre, pois com o clima dos trópicos mesmo no outono o calor é rei.

Umas das últimas aparições em tapetes vermelhos, com aquela pegada power glam foi das lindas ZenDaya e Jasmine Tookes no MTV Movie & TV Awards. Ambas com vestidos trabalhados com renda. Daya optou por um Zuhair Murad Couture na tendência Greenery, com trabalhos em bordado muito delicados. O vestido alinha o comprimento com o início do salto, deixando os sapatos a mostra e destacando o detalhe do barrado (lindo!). Apostando no look com ar ladylike a bela foi uma das mais lindas da noite. Jasmine também estava primorosa em um Lethicia Bronstein azul (dalhe Brasil!). Com busto combinando sutiã e vestido transparentes e com uma fenda que só acabava na cintura (mostrando ainda mais a lingerie) foi um misto inteligente de elegância e ousadia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

As irmãs Jenner também apostaram na pele no Met Gala deste ano. Com estilos bem diferentes elas mostraram (de novo) porque são tão queridas no mundo fashion. Kendall marcou presença com um La Perla preto com decotes assimétricos no busto e nas costas, fenda na saia e tudo mais que pudesse mostrar a pele. E a parte coberta por tecido também só cobrindo o necessário. Certamente foi a mais ousada da noite (mas ainda seguimos dando a Rihanna o prêmio ousadia pelo look da CFDA Awards de 2014). Kylie acertou em um look nude extremamente glamoroso: A pela se confundia com a cor da lingerie, ampliando o efeito do vestido todo transparente com aplicações que vinha por cima. O Versace de mangas assimétricas e longas franjas (mix de tendências super bem executado) combinado ao cabelo platinado deram um resultado sensual e ao mesmo tempo romântico.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas para além dos redcarpets o que realmente importa é: Como nos apropriar desta tendência no nosso dia-a-dia? Antes de qualquer coisa, é importante pensar nessa tendência como algo empoderador em muitas formas. A aceitação (e imposição, porque não) do corpo feminino é uma questão que se desenrola ao longo dos séculos. Mostrar a pele como hoje mostramos decorre de um processo histórico de lutas feministas. Atualmente o uso de peças transparentes reforçam a luta por ter independência perante o próprio corpo. Mostrar a pele, os seios (e até mesmo mamilos) não trata somente de estar na trend nas fotos das redes sociais, mas é sim um ato de resistência que mostra que quem dita as regras neste espaço somos nós.

Para além disso, o que poderia parecer uma abordagem repressiva, que só se enquadra às minas magras, se mostra muito mais positiva do que isso. Na verdade, é mais um reforço nesse processo de luta pela quebra de padrões estéticos surreais. Aqui todo mundo tem a oportunidade de se mostrar, e mostrar ao mundo que somos lindas assim. O uso de transparências por minhas gordas, magras, com sinais ou cicatrizes caminha no sentido de explorar a beleza natural de meninas e rapazes de verdade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E por falar neles, a tendência chega ao público masculino com menos força, mas com muita elegância. Neste contexto, em menor grau, também é agrega ao look muita atitude e propósito.

Falando como usar essa tendência em dias mais frescos, dicas legais são os blusões e batas transparentes. Associados à blazers e casacos mais sociais dão um ar elegante à produção. Os casaquinhos transparentes no geral trazem um ar moderno e as vezes um pouco futurista, sendo ótima opção para quem quer um look coberto, mas nem tanto.

Nos dias mais frios boas opções são os casacos abertos (que não fecham a visão frontal da composição) e os vestidos sobrepostos. Ao usar com casacos abertos dão a possibilidade de explorar acessórios por baixo de tudo, e nessa pegada o uso de bodychains pode dar muito certo. E a micro tendência dos vestidos transparentes sobrepostos dão um mundo de opções possíveis, e a aposta da estação é combiná-los com camisetas e calças ou bermudas por baixo: moderno e muito confortável.

Ah! Uma dica legal é também não combinar sempre a cor da lingerie com a cor da peça transparente. É possível brincar com isso. E como escolhas para parte de baixo são sutiãs de renda (os com aplicações são muito bacanas e só tampam o necessário) e as hotpants.

Quer mais dicas para se inspirar? Vale aquela olhadinha no Pinterest.