A maquiagem é uma arte, uma forma de expressão. E essa arte, mais do que transformar fisicamente, pode ser usada para inspirar as pessoas, dar apoio, fortalecer a autoestima para reflexão e despertar inúmeros sentimentos.  E é isso que essas artistas fizeram através de seu trabalho.

Jordan Hanz fez um lindo vídeo onde surgem ofensas em diferentes cores em seu rosto, pescoço e colo conforme ela narra os tipos de agressão verbal que as mulheres costumam sofrer e gesticula imitando agressão física, mostrando como as palavras podem machucar, terminando com um lindo recado dizendo para que amem a si mesmas.

Em outro vídeo, Jordan fala sobre abuso sexual, usando sua maquiagem mostrando o seu animal interior, inspirada na musica da Kesha, lembrando que a cantora passou por essa situação. Ela também cita as frases clássicas usadas para justificar um estupro, como: “quem mandou se vestir assim?” “ela pediu por isso” e outras desculpas repugnantes.

Um video que já foi citado em outra matéria aqui no Make e Asas mas vale a pena ser lembrado, é o da Alex Flemming, onde ela representa muitas pessoas que acabam sendo vítimas de um padrão de beleza imposto pela mídia e acabam deixando de ser elas mesmas, tornando-se artificiais. Ela lembra a importância de evoluirmos como pessoas e de não nos sentirmos obrigados a imitar esses padrões muitas  vezes inatingíveis.

Muitas pessoas insistem em ofender sem se importarem com o fato de que suas palavras machucam. E ainda por cima se contradizem em suas opiniões. Essa youtuber, por exemplo, aparece sem maquaigem, lembrando as frases que costuma ouvir uando está de cara limpa: “Você é muito pálida”, “nojenta”, “horrível”. Logo em seguida, faz uma bela maquiagem e recebe elogios, seguidos de novas ofensas pois quem gosta de oferder nunca está satisfeito. São frases como “Você usa muita maquiagem”, etc. É triste saber que isso é uma realidade constante.

Falando em maquiagem, algumas pessoas amam, outras não. E a Youtubes Nikkie, fez um vídeo para lembrar que tudo bem gostar de maquiagem e tudo bem não gostar também. O importante é que haja respeito.Ela faz uma maquiagem transformadora em um lado do rosto e deixa o outro completamente limpo, para mostrar que a maquiagem é divertida, porém não há regras, você deve se sentir bem, usando ou não.

A maquiagem realmente tem um poder transformador, mas a evolução pessoal é o que importa. Por isso antes de tudo, sejam belas internamente.