Em tempos de crise, como a que estamos enfrentando no país e no mundo, há um ditado popular que ficou eternizado em uma das músicas mais tocadas da grande dupla de sucesso Sandy & Júnior que dizia: “ahh vai ter que rebolar.” Como nós brasileiros, somos considerados como o povo que consegue sempre se virar nos 30 e nunca se deixa abater, a “The Fame” dessa semana bate um super papo com ele, o homem que trabalha exibindo seu belo bumbum pra milhares de telespectadores de um dos programas de maior sucesso da TV Globo nos últimos tempos, estamos falando dele, Bunda Mir…, ops! Quer dizer, Bruno Miranda, o Borat de Amor & Sexo.

Iniciamos nossa entrevista perguntando ao Bruno como surgiu o personagem Borat? Se era pra ser apenas uma participação e o público curtiu a ideia, ou o intuito da sua permanência no programa já havia sido acordada desde o início? Em resposta a Woo! Magazine, ele nos disse que o personagem surgiu de uma simples participação de um desfile de moda íntima pro programa Amor & Sexo.

“Era um desfile de sungas e uma delas era o maiô do Borat, que na verdade chama-se Manquini, é esse o nome dado ao maiô masculino (risos). Então, rolou um teste e estávamos em 66 modelos pra selecionar apenas 08, um desses modelos aprovados teria que usar essa sunga mais ousada, por ser cavada na frente e atrás, daí o rapaz que tinha aceitado usar a sunga, na hora não quis, falou que não ia vestir, então o diretor Ricardo Woodman falou que alguém tinha que usar e foi embora. Ficou um jogo de empurra total entre a galera e eu falei: “ué, então eu uso! Peguei a sunga, coloquei e fiquei no aguardo pra entrar. Foi assim a primeira vez que eu vesti o personagem Borat.”

Bruno ainda conta que o programa não tinha pretensão nenhuma de manter o personagem no seu elenco fixo, pois eles já tinham outro personagem, que é o Zentai, porém após o sucesso estrondoso do bumbum do modelo nas redes sociais e sites, a direção resolveu convidá lo para mais uma participação, dessa vez com o tema de Carnaval, em que ele viria ainda de Borat no bloco das piranhas.

“Quando eu entrei em cena pela primeira vez e deu aquele bafafá tão grande nas redes sociais, um bumbum daqueles vestindo só um maiô, (risos), a Mariana Santos foi a loucura. Moral da história, eu causei.”

Mas somente meses após a segunda gravação foi que Bruno recebeu uma ligação da produção do programa o perguntando se queria assinar contrato para encarnar de vez o personagem que lhe caiu como uma luva, ou melhor, como uma sunga.

Depois de três temporadas seguidas na pele do personagem que lhe rende suspiros e cantadas por onde passa, Bruno conta para seus fãs e leitores da Woo! que vem mais novidades por aí em 2017.

“Em Janeiro de 2017 aguardem, pois o Amor & Sexo está certíssimo, confirmada minha participação nessa nova temporada com força total, só não posso revelar se venho como Borat, se venho de terno ou pelado, vocês terão que aguardar e assistir pra saber.” (Risos)

O moço é até modesto, mas não foi no Amor & Sexo sua estréia na telinha. Antes de viver o Borat, Bruno já havia feito algumas aparições em programas da Casa Plim Plim, como desfiles de moda praia no Mais Você com Ana Maria Braga por duas vezes, participou também como modelo do Encontro com Fátima, porém sua paixão pelas artes cênicas vem desde garoto.

“Ainda no colégio eu já fazia cursos de férias de Teatro, sempre achei diferente, legal, engraçado, você poder brincar de ser personagens diferentes.”

The Fame – Você foi praticante jogador de Vôlei de praia, não é isso? Chegou a ser federado? Com quem você chegou a jogar durante esse período e por que desistiu?

Sim! (risos) Fui jogador federado, joguei Vôlei de praia, fiz o circuito Banco do Brasil, treinei durante um bom tempo no fluminense, jogava na quadra, depois passei pra areia, jogava pelo estado de Minas Gerais.

Como se não bastasse toda a boa forma física, simpatia e carisma de Bruno, o rapaz ainda conviveu e jogou com monstros sagrados do nosso Vôlei de praia.

“Joguei com vários nomes conhecidos, joguei contra o Ricardo e Emanuel, Pedro Sobert que foi agora pras Olimpíadas, no fluminense jogava com o Evandro que também acabou de passar pelas Olimpíadas do Rio, com o Oscar, uma galera aqui no Rio que todo mundo se conhece. Minha treinadora foi a Mônica Rodrigues, primeira medalhista olímpica que fazia dupla com a Sandra Pires.”

Um currículo exemplar para um atleta, né? Mas Bruno nos contou o por que de sua saída do Vôlei, devido a falta de patrocínios e apoios melhores aos atletas fica muito difícil se manter.

“Eu não desisti, Na verdade aconteceu de eu precisar parar por falta de patrocínio, que é muito difícil aqui no Brasil. Você ter que se manter, morar sozinho, se alimentar, ter vida social e aí mesmo tempo você ter que comprar passagens, hospedagens, academia, tudo isso você tirar do bolso, já não estava compensando pra mim, só tava dando pra eu sobreviver e jogar, o esforço estava muito grande. Foi nesse ínterim que eu comecei a modelar, atuar e tomar gosto por essa nova etapa da minha vida.”

Perguntado sobre suas pretensões em relação a atual carreira e se almeja seguir nesse mercado super competitivo, Bruno respondeu que é um cara super antenado e que reconhece que esse mercado é realmente muito difícil, que tem muita gente boa, assim como existem aqueles que só fazem a mesma coisa sempre. Por esse motivo o moço, pensando no futuro, atualmente, estuda Educação Física, pretendendo se especializar em prevenção de lesões que é o que gosta, além de deixar claro que é muito empreendedor.

“Sou super empreendedor, tudo que vejo eu acredito que pode dar dinheiro. Como eu gosto dessas três áreas, eu vou levando, vou estudando, vou me preparando pra estar pronto pra cada oportunidade que venha surgir.”

Resolvemos apimentar um pouquinho mais o nosso papo com o Bonitão e perguntamos qual era a ligação entre Bruno Miranda com o personagem Borat e sua relação com a nudez. O modelo afirmou que ligação com o personagem é total!

“Aquela alegria que eu tenho em estar no palco trabalhando com aquela galera é imensa! Não tenho vergonha de nada, se tiver que rebolar, eu rebolo, tomar banho no chuveiro, eu tomo, se vestir de múmia, eu vou lá e entro de múmia, entendeu? O Borat tem que fazer essas coisas ali, esse é o meu trabalho. Eu, Bruno Miranda, não ligo pra isso também, eu vivo como num carnaval, tento passar alegria para os outros, as pessoas acham engraçado e ao mesmo tempo sexy (risos). Quanto ao “nudes”, eu não tenho nenhuma vergonha em ficar pelado, fazer fotos sensuais, eu não tenho problema nenhum com isso, sou super seguro em relação ao meu corpo, mas na minha vida privada eu não sou tão liberal assim. Não gosto de ficar nú em casa o tempo inteiro, acho que tudo que se mostra muito acaba enjoando, prefiro ficar mais comportado quando estou no meu íntimo, aguça mais o desejo alheio”. (Risos)

The Fame – Foi difícil encarar sua primeira aparição em rede nacional praticante nú?

Não diria difícil, diria que deu um frio na barriga, pois os outros rapazes estavam usando sungas normais e eu estava apenas com aquela sunguinha cavada e o povo não estava habituado a ver um homem usando um maiô, né? Antes de entrar eu estava de roupão e passava um filme na minha cabeça, o que eu tô fazendo aqui? (Risos), mas logo depois que entrei em cena passou, é gostoso sentir esse frio na barriga, não é só nesse caso, qualquer coisa nova que você se propõe a fazer dá aquele nervosinho gostoso, uma estreia no teatro, o primeiro dia de aula, o emprego novo, tudo isso gera esse friozinho na barriga, mas mesmo assim é gostoso.

Nós da Woo! Magazine, achamos o Borat uma delícia, rsrs o que o Bruno Miranda faz pra se manter em forma e com esse corpinho de dar inveja nos coleguinhas?

É… (risos) os coleguinhas não precisam ter inveja, qualquer um pode ter um corpo em forma, basta se dedicar, ter uma boa alimentação, boas noites de sono, praticar algum exercício aeróbico, tudo isso faz você ter um corpo legal, com uma aparência saudável, que é o mais importante, mas se tiver uma genética boa, isso vai ajudar bastante. Fora isso, não tem segredo nenhum.

The Fame – Fazendo uma pequena varredura, (risos) nas suas redes sociais, vimos que no seu Instagram @brunomiranda_borat, você tem uma ligação pra lá de fofa com a criançada, em especial com seu filhote e sua afilhada.  Com que idade você foi pai e como foi pra você encarar a paternidade?

No meu Instagram tem bastante fotos do meu filhote e da minha afilhadinha, eu sou apaixonado por crianças. As pessoas dizem: ‘Ahhh só depois que você foi pai que ficou’ – eu respondo que não, desde criança, com as minhas irmãs, sempre fui muito cuidadoso, sempre fui louco por esses pequeninos, meu sonho sempre foi ser pai, então eu faço de tudo pelo meu filho, pela minha afilhada, ao mesmo tempo que passo a educação necessária.

Quanto a lidar com a descoberta que iria ser papai, Bruno conta que tomou um susto, que foi um choque, porque na verdade se considerava muito novo pra encarar todas as responsabilidades de ser pai e administrar uma vidinha que passaria a depender extremante dele.

“Foi um susto, aos 24 anos me tornar pai me deixou assustado a princípio. Mas depois, ah, depois eu tive a certeza que foi a melhor coisa que já me aconteceu até hoje, ter o meu filho foi um presente de Deus, ele sempre coloca na sua vida as coisas certas, meu filho veio pra somar na minha vida, hoje eu assumo, sou um um pai competente e babão.”

Este slideshow necessita de JavaScript.

The Fame – Você é considerado um sex simbol gay, desejado por homens e por mulheres, como você lida com esse assédio? Já passou por algumas saia justa, ou melhor, cueca apertada com algum (a) fã? Como foi?

Eu vejo que todo mundo pode ser assediado por homens e por mulheres, então eu ligo melhor do que eu esperava, pois eu vejo o Bruno como a mesma pessoa de antes da TV, porque quando você está na TV, para as mesmas pessoas que antes te viam o tempo todo, você fica mais bonito, a pele fica melhor, você fica mais simpático, você é mais legal, por isso eu tenho muito os pés no chão, pois se eu sair da televisão tenho certeza que esse assédio todo vai passar. Então, sempre tento tirar proveito desse assédio com as pessoas legais ao meu redor.

Quanto a sua justa, o modelo afirma que só rolou uma única vez, por se tratar de uma figura pública. Ele diz tirar fotos com fãs, dar carinho, porém é completamente contra a alguns abusos, como no caso de uma moça dentro de uma casa noturna onde ele estava fazendo um evento, que ao passar por ele foi lá e apertou seu bumbum.

“Eu cheguei nela e falei, oi tudo bem? você apertou minha bunda? Olha, não é porque eu estou na TV com uma sunguinha e com o bumbum a mostra que você pode vir e apertar assim do nada, isso não tá certo, você gostaria que fizessem com você se estivesse no meu lugar? Aí ela ficou super sem graça, pediu desculpas, eu acabei tirando uma foto com ela e ficou tudo bem. (Risos)”

Sobre a relação de Bruno com as estrelas da Globo que integram o casting do programa como: Otaviano Costa, José Loreto, Mariana Santos e a apresentadora Fernanda Lima, o moço afirma que não poderia ser melhor.

“A relação dos bastidores do Amor & Sexo é a melhor possível, primeiro que tudo mundo ali é diversão em pessoa, a galera ali não tem essa de chegar triste, eles são alegrias pra gente. Eles chegam e conversam muito, muita brincadeira, super descontraído, eu vou no camarim deles, eles vão ao meu, trocam muitas figurinhas, me dão força, me perguntam o que eu tô fazendo, elogiam meus trabalhos, entrevistas, viram meus curtas, aprendi muito com eles, como eles se comportam antes de entrar em cena, o carinho que eles têm com o público, como tratam as pessoas na lanchonete, os camareiros, eles são tops, a gente aprende o tempo todo. Só tenho muita gratidão a todos eles, ao meu diretor, a equipe, a produção, só coisas boas pra aprender e levar comigo.”

Quando perguntado sobre novidades, Bruno deixou um recadinho pra lá de convidativo pra quem não consegue tirar o rapaz da cabeça.

“Em primeira mão, eu não falei em entrevista nenhuma sobre o fato de eu estar solteiro (risos), livre, leve e solto. Tô solteiro, tô na pista pra negócios, podem mandar cartinhas, mensagens, nudes, que eu tô aí pra conhecer pessoas novas, divertidas e é isso aí, essa é a novidade, após três anos junto, namorando, casado, tô aqui solteiro de novo.”

NossWoo! Papo:

A gente pergunta e você responde.

Filho: Minha alegria, a razão de tudo que eu faço.

Trabalho: Necessário e realizações.

Amor: Princípio de um ser humano ideal.

Sexo: Necessidade fisiológica, bom pra c……

Borat: Um personagem, meu trabalho.

Bruno Miranda por Bruno Miranda: Sempre uma pessoa divertida, apaixonante, adora seu filho, adora esporte, adora malhar, adora os amigos, adora a vida, adora fazer o bem, está sempre disponível pra quem precisa conversar, precisa de uma palavra amiga. conclusão, eu vim pra essa Terra pra fazer o bem. Todo mundo tem defeitos, mas aquela pessoa que não tenta melhorar acaba sendo burra, eu estou sempre em busca de me tornar uma pessoa melhor, um ser humano ideal.

Por Betoh Cascardo