Ultimamente a indústria de jogos tem se voltado cada vez mais para os jogos indies. Estes apesar de imensamente mais simples em termos de gráficos costumam inovar de outras maneiras, seja jogabilidade, narrativa ou até mesmo visualmente. Um grande exemplo disso foi Cuphead, lançado ano passado, com seu visual retrô e alta dificuldade. Porém, também neste mesmo ano, tivemos um jogo que passou despercebido por muitos. E o nome desse jogo, como o título da matéria entrega, é “Hollow Knight”.

Desenvolvimento

Primeiramente, é interessante falar sobre o desenvolvimento do jogo. Os desenvolvedores começaram uma campanha de financiamento através do Kickstarter em novembro de 2014 e no mês seguinte já haviam conseguido os fundos suficientes, sendo finalmente lançado em 24 de fevereiro de 2017.

O que mais chamou atenção na campanha foi a proposta de como o jogo seria feito. O jogo foi feito inteiramente por três desenvolvedores que fizeram antes de tudo, todo seu mapa e arte. Sim, antes até mesmo da história. Posteriormente, foram feitos os personagens, baseados em insetos e aracnídeos, e por último a história foi feita baseada no que havia sido criado, invertendo completamente o fluxo usual de criação de jogos.

Arte e Música

Como a arte do jogo foi a primeira coisa a ser feita, é de se esperar que ela tenha tido uma atenção especial. E os desenvolvedores não decepcionaram. O jogo possui uma arte incrível. Apesar de ser em 2D, ele possui uma profundidade, com diversas informações no plano de fundo. E mais impressionante, tudo feito à mão. E não só isso, cada área do jogo, e são muitas, possui um estilo artístico diferente, mas a arte não muda abruptamente de uma hora para a outra, você percebe que está mudando de área pois a arte de uma vai se mesclando a da próxima, até que o estilo artístico da outra área passa a sobressair.

Isso é algo que não é feito apenas com o visual, mas a música possui a mesma característica, mudando abruptamente apenas em batalhas contra chefes. Ela também é outro ponto de destaque, temos uma trilha sonora simples, mas muito bem feita. É possível se pegar assobiando as diversas melodias do jogo sem nem perceber.

Jogabilidade

“Hollow Knight” é um jogo de plataforma do sub-gênero metroidvania. Ou seja, um jogo de plataforma com um mapa extenso que, para ser explorado, é necessário juntar diversas habilidades e itens que permitem alcançar novas áreas do mapa. Neste ponto, ele segue o básico de qualquer metroidvania, com habilidades comuns e não tão fora do ordinário.

Em compensação há dois pontos em que o jogo se destaca bastante para um metroidvania. O primeiro é o fato de que o mapa não é aberto conforme você navega por ele. Você deve comprar mapas para isso. E mesmo os mapas não abrangem as áreas inteiras, para isso você deve comprar uma caneta, que serve para atualizar os mapas conforme anda por áreas novas, mas isso só pode ser feito ao sentar em um banco, que é também o mecanismo para salvar.

O segundo ponto é a dificuldade extrema. Este jogo definitivamente não é para alguém que começou a jogar jogos de plataforma agora. Um novato teria dificuldades extremas. Se você acha que Cuphead é um jogo complicado, é porque não jogou Hollow Knight. Aqui não apenas as batalhas são incrivelmente difíceis, como até os desafios de plataforma te fazem sofrer. Afinal, o que fazer quando a área se chama Caminho da Dor e tudo na tela pode te matar?

História

Hollow Knight possui uma história muito bem desenvolvida. Porém, é possível terminar o jogo sem saber quase nada sobre ela. Isso porque pouquíssimo  é revelado de maneira direta ao jogador, grande parte dela se encontra em diálogos ou runas espalhadas pelo reino de Hallownest. Desta forma, desvendar a história deste reino de insetos é também um desafio por si só.

O jogo começa com o personagem principal, chamado apenas de Knight (“Cavaleiro” em português), chegando ao reino de Hallownest e descobrindo sobre uma infecção que está se alastrando na forma de uma gosma laranja. É o objetivo do cavaleiro então enfrentar a causa dessa infecção.

Parece simples, mas caso você decida investigar a história a fundo, é possível descobrir tantos segredos que vão desde a criação de Hallownest até os acontecimentos do jogo, levando a um entendimento completamente diferente da história.

Hollow Knight está disponível em português para PC através da Steam e tem lançamento planejado para Switch no primeiro quadrimestre deste ano.