Finalmente começou o ano de 2018 e com ele as pessoas fazem várias promessas, idealizam vidas novas, mudanças na rotinas e “blábláblá”. Isso é bom, mudar sempre é bom, viver melhor a vida também, ainda mais se uma das suas metas for viajar. Que tal começar a viajar agora, em janeiro, no auge do verão? Muita gente fica de férias nessa época e aproveita cada segundo para ficar ainda mais bronzeado e ter um contato maior com a natureza, e isso, é possível conhecendo as diferentes praias. Mas você sabia que não existem só praias de mar, de água salgada? Bem, as praias de rios são tão belas quanto aquelas que a maioria conhece e não ficam nas regiões litorâneas, e sim nas centrais, distribuídas entre o norte e centro-oeste. Confira algumas dessas opções de praias.

Alter do Chão – Pará

Existe uma vila na cidade de Santarém que encanta turistas de todo o mundo, Alter do Chão já foi nomeada pelo jornal inglês The Guardian como uma das dez mais belas praias do Brasil. Além desse reconhecimento, a região também é conhecida como Caribe Amazônico, pelo cenário encantador que possui com águas cristalinas. O lugar fica no oeste do Pará a 1.457 quilômetros de Belém e é banhado pelo rio Tapajós, um dos afluentes do Rio Amazonas, e para chegar lá existem 3 opções: pela estrada, de barco ou de avião. O grande diferencial de Alter do Chão são as inúmeras ilhas que existem pela região, principalmente quando o nível do rio está baixo e faixas de areias branca se formam.

Praia de Ponta Negra – Amazonas

Assim como inúmeras praias litorâneas, essa é uma praia urbana, só que de rio. Em Manaus, está a praia de ponta negra, que se assemelha com as diversas praias que existem nas grandes capitais, tem um calçadão, quiosques, vida noturna, entre outros, só que nesse cenário não existem ondas na água. Desde a revitalização da área, que começou em 2011, o lugar tem sido uma das principais atrações turísticas e é muito bem cuidado. Além disso, tem um mirante, um anfiteatro, jardins, estacionamento e a famosa Sorveteria Glacial com sabores típicos da região. A praia é banhada pelo Rio Negro e por conta do histórico de afogamentos e presença de jacarés, o banho é apenas até às 17h e o visitante conta sempre com a presença do Corpo de Bombeiros. Claro que isso não impede que o turista aproveite cada pedaço desse lugar único e lindo que está no bairro mais luxuoso de Manaus.

Praia de Fazendinha – Amapá

Essa praia também fica na capital do estado, em Macapá e é uma das grandes atrações da cidade, principalmente pelo fato de que o visitante pode banhar-se no principal rio da região e o maior do mundo, o Amazonas. Ao contrário da maioria das praias de água doce, a de Fazendinha possui pequenas ondas e é muito procurada por pessoas que utilizam lanchas, jet-skis e caiaques. A orla com extensão de 900 metros tem uma infraestrutura que agrada os visitantes, são bares e quiosques, área de lazer para vôlei e futebol, pessoas soltando pipa, lugar perfeito para todas as idades. A paisagem é incrível, uma área urbana em conjunto com a areia fofa, a água um pouco barrenta e um pedacinho do rio mais conhecido mundialmente.

Praia Grande – Roraima

Durante os meses de seca na região, no verão, o nível das águas diminui e surgem lindas praias banhadas pelo Rio Branco. Uma delas é Praia Grande, que fica do outro lado da margem da capital Boa Vista e para chegar na praia só é possível por algum transporte fluvial. Sendo assim a diversão já começa pelo passeio de barco para chegar ao local, porque ali a paisagem já encanta. Chegando na praia é possível alugar mesas e cadeiras que ficam dentro da água mesmo, o que permite estar sempre refrescado, afinal nessa época as temperaturas costumam ser bem altas. Além disso, ali também são praticados alguns esportes radicais, entre eles estão jet-ski, quadriciclos e voos panorâmicos em ultraleves. Uma ótima opção para turistas e que os próprios moradores aproveitam bastante nessa época do ano.

No verão, o principal programa da população é passar o dia todo nas diversas praias que existem no país. Isso também é possível ao longo do ano, mas o calor atrai as pessoas que querem fugir do mormaço das regiões periféricas. Essa época é ideal para conhecer novas praias e para aqueles que tem medo de ondas, da ressaca do mar ou querem aproveitar a calmaria das águas, as praias de rios são a melhor escolha!