você não entenderia

que eu fui criada onde o amor transborda

e o seu não faz falta na minha fonte

que é auto-renovável e só jorra

 

você não entenderia

que a minha autoestima não é golpe de social media

não tem testa nem texto

eu sou só desejo

porque carinho próprio não falta

 

tanto faz se você me acha bonita

tanto faz se você lembra do meu rosto enquanto lava o seu

tanto faz se você trepa com outras

ou deixa o amor secando no varal tal qual roupa

tanto faz se você espera

 

eu não preciso de você

nem há um homem no Brasil capaz de me dar saciedade

eu tô pouco me fudendo, meu bem

eu mesma me lambo

 

se você vier

é porque quis

não porque chamei

de mim você ouvirá muitos gemidos

 

mas nenhum pranto.


Por Érika Nunes