Quando a prática da atividade ajuda a diminuir o problema

Yoga e queda de cabelo: o que uma coisa poderia ter a ver com a outra? A queda de cabelo é uma queixa bastante comum entre as pessoas. Além do ciclo natural que envolve a renovação dos fios, muitas vezes somos surpreendidos com alguns fios a mais que insistem em cair.

As principais razões para queda de cabelo anormais – aquelas que independem do ciclo natural de troca – são o estresse, desequilíbrio hormonal, maus hábitos de alimentação, doenças, uso de drogas, excesso de tinturas, desequilíbrio genéticos, fumo, entre outros.

O nosso corpo sempre dá um jeito de “colocar para fora” tudo aquilo que, consciente ou inconscientemente, não vai bem. Quando somatizamos uma situação, quando passamos por alguma situação ruim, incômoda, o cabelo é um dos primeiros a dar sinais de que algo não vai bem.

Claro que a queda de cabelo não se limita a fatores emocionais. Outras doenças podem também se tornar o motivo do problema.

O que muitos podem não saber, entretanto, é que, dependendo do problema em que você está enfrentando com a queda de cabelo, é possível melhorar – ou até mesmo reverter a situação – com a prática da Yoga.

A Yoga, termo que vem do sânscrito e pode ser definida com os termos “unir” e “integrar”, é uma grande aliada no processo de equilíbrio de “nós” com nossos “eus” internos. A prática, que acontece desde muito tempo, promove o bem-estar tanto físico, quanto emocional. Você pode saber mais sobre a Yoga clicando aqui.

Praticar Yoga para restringir a queda de cabelo não apenas proporciona cabelos saudáveis, mas também benefícios para todo o sistema. Ela também melhora a sua saúde física e mental. Por isso, a Organização Internacional Arte de Viver selecionou algumas posições que podem ajudar a combater a queda de cabelo e ainda fortalecer o seu sistema em outros níveis.

Asanas que são benéficos para a queda de cabelo:

Todas os asanas (posturas) que se curvam para frente aumentam a circulação do sangue na cabeça. Sendo assim, nutrem as raízes do cabelo e como resultado a pessoa pode observar mudanças no cabelo ao longo de um período de tempo. Aqui estão alguns asanas que você pode experimentar em casa.

Adho Mukha Savasana

A posição de cachorro providencia boa circulação para a cabeça, é bom para os seios e também para resfriados comuns. Além disso, auxilia no cansaço mental, depressão e insônia.

Utthanasana

Posição de pé para frente ajuda a reduzir a fatiga e o cansaço. Bom para menopausa e também melhora a digestão.

Vajrasana

Também chamado de posição de diamante. Diferente de outros asanas, pode ser feito imediatamente após as refeições. Ajuda em desequilíbrios urinários, perda de peso, melhora a digestão e reduz gases no estômago.

Apanasana

Apana refere-se ao prana ou energia do seu trato digestivo, que ajuda a purificar e a eliminar toxinas. E esta pose dá claridade para a mente. Alivia constipação.

Pavanmukthasana

Reduz gases e ajuda na digestão. Os músculos da parte inferior das costas são reforçados. Também reduz a gordura do abdômen e do bumbum.

Sarvangasana

Ajuda a nutrir a glândula da tireoide, o que significa melhora no funcionamento respiratório, alimentar, genital e nervoso saudável.

Benefícios dos Pranayamas para queda de cabelo:

Kapalbhati Pranayam

As células do cérebro recebem mais oxigênio, melhorando o sistema nervoso, removendo toxinas do corpo, a obesidade e diabetes.

Bhastrika Pranayam

Ajuda a remover o excesso de ar, bile e frieza do corpo e purifica o sistema nervoso; previne todos os tipos de doenças do corpo.

Naadi Shodhan Pranayam

Ajuda a tratar os problemas do coração, asma e artrite, depressão, enxaqueca, stress e também problemas da visão e do ouvido.

Pesquise mais sobre a prática da Yoga e os seus benefícios. Você pode praticar em casa, através de vídeo-aulas, ou em locais especializados para o exercício.

Quanto ao seu cabelo, as posições indicadas acima podem ser um grande braço direito na melhora da situação, entretanto, é sempre bom visitar um médico para um diagnóstico mais claro.

Cuide do seu corpo 🙂