blAgPDOFzn8
Protagonizado por Letícia Sabatella, coprodução entre Brasil
e Argentina estreia semana

No filme “Happy Hour – Verdades e Consequências”, o professor argentino Horácio (Pablo Echarri) teve a vida transformada depois de capturar, acidentalmente, o bandido Aranha (Pablo Morais). Na cena divulgada, Horácio enfrenta o assédio das jovens universitárias e também da imprensa.

Com o prestígio, ele se vê tentado a ceder aos encantos da sedutora Clara (Aline Jones) e decide propor um relacionamento aberto para a mulher, a deputada Vera (Letícia Sabatella). O impasse que se instaura no casamento dos dois depois desta sugestão inesperada é o ponto de partida do longa de Eduardo Albergaria.

Vera se vê dividida entre aceitar o novo modelo de casamento e se divorciar. Presos num mundo de verdades e mentiras, os dois precisam fazer escolhas: viver uma vida conservadora que atende aos preceitos da carreira política da deputada ou assumir os efeitos de romper com as estruturas do casamento.

No elenco estão também Chico Diaz, Rocco Pitanga e Luciano Cáceres. Com distribuição da Imovision, produção da Urca Filmes e da Haddock Filmes, o longa tem roteiro e direção de Eduardo Albergaria.


Foto e Vídeo: Divulgação/Imovision