O diretor Tomer Heymann já está de malas prontas para vir ao Brasil. O israelense chega em terras brasileiras no próximo dia 3 para lançar o longa-documentário “GAGA – O Amor pela Dança”, que estreia dia 6 de abril. Ganhador do prêmio de Melhor Documentário da Mostra SP, escolhido pelo público, o filme conta detalhes da vida de Ohad Naharin, renomado coreógrafo e diretor artístico da Companhia de Dança Batsheva, de Tel Aviv. Acompanhando a trajetória de Naharin ao longo de oito anos e capturando momentos de ensaios íntimos, o filme mostra um extenso material de arquivo inédito.

– As sementes deste filme foram plantadas há 20 anos, quando eu vi pela primeira vez o Grupo de Dança Batsheva, de Naharin, no palco. Minha cabeça e meu coração sofreram uma convulsão gigante, como um coquetel excelente de álcool e drogas, mas sem álcool e sem drogas. Um contínuo movimento, música, energia, sexualidade, sensualidade e dançarinos que fazem você se apaixonar sem saber o porquê. A partir daquela noite, eu me tornei um consumidor obsessivo da arte da dança do Batsheva. Naharin é um osso duro de roer, uma pessoa muito complexa e de caráter contraditório, o que o torna um assunto fascinante para um documentário – explica o diretor.

“Gaga – o Amor pela Dança” já circulou por diversos festivais mundo afora, tendo recebido o prêmio de Melhor Filme do Tempo Documentary Film Festival e Sofia International Film Festival, além de prêmio do público dos festivais SXSW Film Festival e IDFA. “Esse filme apresenta muitas camadas narrativas diferentes, ele é complexo em sua forma e conteúdo, mas fácil de amar. Enquanto introdução do universo de um artista incrível, este filme abre as portas de um mundo fascinante: político, doloroso, contraditório, mas em última análise, lindo”, elogiou o júri do Tempo International Film Festival. O documentário também foi aclamado pela crítica e eleito por muitos a melhor produção de dança desde “Pina”. “Elétrico, fascinante, coreograficamente brilhante, bem filmado… excelente. Um personagem principal complexo, convincente, bonito e carismático. Sem dúvida, Naharin é um gênio”, escreveu Dennis Harvey, da Variety.

Sinopse:

Ohad Naharin, diretor artístico da Batsheva Dance Company, é considerado um dos coreógrafos mais importantes do mundo. Ao conhecê-lo em um ponto crítico de sua vida pessoal, este documentário espirituoso e perspicaz irá encontrar um homem com grande integridade artística e uma visão extraordinária. Filmado ao longo de um período de oito anos, o diretor Tomer Heymann mistura filmagens dos ensaios íntimos com um extenso arquivo inédito e sequências de dança de tirar o fôlego. Esta é a história de um gênio artístico que redefiniu a linguagem da dança moderna.

Ficha técnica:

Informações: Documentário, Israel, 2015, 99′
Diretor: Tomer Heymann
Produtor: Barak Heymann
Produtora Executira: Diana Holtzberg
Diretor de Fotografia: Itai Raziel
Montador: Alon Greenberg, Ido Mochrik, Ron Omer
Consultor Artístico: Talli Vernia-Hatsor, Pia Forsgren, Roni Azgad
Pesquisadores: Lily Yudinsky, Daniela Reiss, Tali Shamir-Werzberger
Edição de Som: Alex Claude
Música: Ishai Adar