O evento está na sua segunda edição, novamente contando com o apoio da RIOTUR. Nos dias 5 e 6 de outubro as diversas atividades serão ao longo da Ilha de Paquetá.

A FEBRE acontecerá nos dia 05 e 06 de outubro, em Paquetá. O evento levará palestras, vivências, oráculos, rituais, lançamentos de livros e terapias holísticas distribuindo as atividades entre as três casas participantes: Casa de Cultura José Bonifácio – Museu de Comunicação e Costumes, onde terão lugar as ações literárias com os lançamentos dos livros: Brasil – África: Arte e Cultura na Mesa do Babasé Edson D’Osún; Contos Sombrios da Editora Duende Amarelo, a primeira antologia de contos da editora com treze textos selecionados em concurso; Magia Mental: Criando a Realidade, de André Mendonça e Bluebell, da jornalista Maria Elisa Coelho e do publicitário Gustavo Annecchini; A Casa de Noca, que abrigará os “novos bruxos”, palestrantes e oraculistas na sua maioria entre vinte e trinta e cinco anos e a BruMar Pousada, onde ficarão apenas a terapias ao preço de um quilo de açúcar, café ou contribuições iguais ou superiores a R$ 5,00  (cinco Reais) com toda a renda e arrecadação destinadas ao Projeto do Hely, que atende população de rua no Centro do Rio.

A primeira edição do evento aconteceu em outubro de 2018, atraindo para a ilha cerca de mil e duzentos visitantes e oferecendo mais de cem atividades também distribuídas em dois dias. Na ocasião o projeto Hely recebeu aproximadamente cinquenta quilos de alimentos e trezentos e vinte e cinco Reais.

“Para 2019 nossa expectativa é atrair mil e quinhentos visitantes e arrecadar pelo menos trinta por cento a mais para a obra. Este ano estamos focando mais no caráter social do evento.” Explica André Mendonça, organizador.

Imagem: Divulgação/FEBRE

O evento foi planejado com o objetivo de levar ao público conhecimentos e práticas de tradições pouco conhecidas fora de seus circuitos de atuação. Muito do espírito do evento está contido nas palavras da organizadora Aline Fernandez: “Com isso não temos qualquer interesse em converter ou convencer ninguém de qualquer crença ou conceito; nossa proposta é combater a intolerância pelo conhecimento. Mais do que fomentar a tolerância religiosa, esperamos promover a convivência inter-religiosa“.

Paralelamente às palestras e danças que terão lugar no Museu, a Editora Duende Amarelo promoverá o “Espaço dos Autores”, instalações acolhedoras para dar a escritores com trabalhos sendo lançados ou expostos na FEBRE a oportunidade de receber seus leitores, conversar e dar autógrafos. “Entendemos que não basta só publicar ou vender livros, é preciso aproximar fisicamente os leitores dos autores.” Explica Ana Lúcia, colaboradora da editora.

 A entrada é franca. Qualquer visitante terá acesso a todas as instalações do evento, palestras, danças, bate-papos com autores e toda a beleza das ruas e paisagens de Paquetá. Apenas os oráculos terão um preço promocional de cinquenta Reais e estarão distribuídos pelos três estabelecimentos que hospedam as palestras e terapias.  “Os visitantes procuram muito em feiras e festivais por tarólogos, quiromantes, e oraculistas em geral pois sabem que a mesma consulta feita em particular pode custar até cinco vezes mais do que os valores praticados aqui” comenta André. O mesmo acontece com as terapias, os valores praticados no mercado são relativamente altos. “Na FEBRE o visitante pode ter acesso a todas por apenas cinco Reais, um quilo de açúcar ou café e ainda ajudar a tornar a vida de alguém em condição de rua mais feliz”. Afirma Hely.

Agenda