Galeria - faixa

Em exibição no CCBB

Uma das cidades mais marcantes no século 20, Berlim, capital da Alemanha, nasceu novamente após a queda do muro em 1989. Marcada por conflitos devido a guerra, hoje, a cidade acaba diferenciando-se das demais capitais ao redor do mundo, devido a um novo estilo de vida e cultura. Amparada por algo que vai muito além do poder gerado pelo dinheiro, Berlim se mantém como uma das cidades mais respeitadas da Europa e se solidifica cada vez mais, crescendo com o passar do tempo, a cada fechamento de ciclo.

Cartaz-OK-para-site

Inspirando-se nessas características mais que especiais, o curador Alfons Hans alcança algo magistral ao selecionar 29 artistas para compor a exposição “Zeitgeist – A arte nova de Berlim”.

Exibida no CCBB, no Rio de janeiro, a mostra transita entre aceleração e estagnação, tempo-espaço e tempo próprio, presente e futuro. Através de uma mistura que contém fotografias, pinturas, videoartes, performances, instalações e a cultura dos famosos clubs berlinenses, a exposição possui a tarefa de retratar a arte dessa nova Berlim, reunindo filosofias e ideias que resgatam o espírito do local marcado pelo tempo.

“Zeitgeist é um termo alemão cuja tradução significa espírito da época, espírito do tempo ou sinal dos tempos. O Zeitgeist significa, em suma, o conjunto do clima intelectual e cultural do mundo, numa certa época, ou as características genéricas de um determinado período de tempo.”

IMG_5238-TFHP2-A-444x296

Daniel Gravelli é um brazuca que parle français e roda uns filmes por aí. Apaixonado pelo universo da escrita, tem um caso com o teatro e morre de amores pelo cinema. Fotógrafo e crítico nas horas vagas, gosta de cozinhar, apreciar um bom vinho e trocar ideias interessantes.


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Daniel Gravelli

Daniel Gravelli é um brazuca que parle français e roda uns filmes por aí. Apaixonado pelos universos da escrita e da atuação, tem um caso com o teatro e morre de amores pelo cinema. Fotógrafo e crítico nas horas vagas, gosta de cozinhar, apreciar um bom vinho e trocar ideias interessantes.

Previous Musicando: Helga Nemeczyk e Os Intocáveis
Next FikDik: Uma Gula Saudável

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close