Receita para fazer em casa 

Hello Houston!

Vamos voltar a nosso melhor fase da vida? Relembrar certos gostos inesquecíveis? Iremos falar sobre um doce que me lembra a infância, quando saía do colégio e sentia aquele cheirinho no ar da carrocinha da frente.

Hummmmm…Hoje é dia de churros!

Então vamos acabar com a vontade e satisfazer nossos desejos, está na hora de trazer os bons momentos de volta e compartilha-los com os outros. E, para melhorar, faremos em casa em diversos sabores para todo mundo curtir.

Ingredientes:

250 ml de água

200 gramas de farinha de trigo

2 colheres (sopa) de manteiga

2 colheres (sopa) de açúcar

1 pitada de sal

2 ovos

Açúcar e canela

Óleo para fritar

Modo de preparo:

Coloque em uma panela a água, a manteiga, açúcar e a pitada de sal. Quando a água ferver e a manteiga estiver derretida, acrescente a farinha de trigo e mexa bem até que a massa desgrude do fundo da panela.

Em seguida, coloque a massa na vasilha da batedeira, ligue a batedeira e adicione os ovos, batendo bem a cada adição, até que a massa fique morninha, quase fria.

Coloque a massa no saco de confeiteiro com o bico em formato de pitanga aberto. Em cima de uma folha de papel manteiga, aperte o saco de confeitar e corte os churros com o auxílio de uma tesoura culinária, no comprimento que desejar.

Depois que todos os churros estiverem modelados, aqueça o óleo, frite-os e retire o excesso de gordura com papel toalha. Passe os churros na mistura de açúcar com canela e sirva-os com doce de leite, chocolate ou nutella!

Agora é só aproveitar! Essa é uma receita simples e caseira, você pode aproveitar para as festinhas ou para comer em casa no final de semana, aposto que todo mundo vai adorar a novidade. Por hoje é só Houston, semana que vem tem mais coisa boa vindo aí!

Tchau Houston!


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Aimée Borges

Aimée Borges gosta de dançar ao vento, beber água gelada e sorrir para Lua. Apaixonada por contos e fadas, deixa-se levar por sua curiosidade que a transporta para um mundo ainda mais louco que o da Alice.

Previous Música de qualidade quebrando tabus
Next Por aí sem grana no Rio de Janeiro

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close