Gastronauta

3 receitas de dar água na boca

Atenção Gastronautas de plantão,

essa semana, decidimos ir atrás e conhecer um pouco mais sobre um alimento delicioso, mas que ainda faz muitos virarem a cara na hora de experimentar. Depois de algumas pesquisas primordiais, descobrimos que 2016 vem sendo o ano dessa perdição (no melhor sentido da palavra) chamada couve-flor. Sendo assim, contatamos alguns planetas perdidos e descobrimos algumas receitas deliciosas que não podem faltar na sua mesa.

beneficios-e-propriedades-da-couve-for

A couve-flor é uma hortaliça do tipo inflorescência que pertence à espécie Brassica oleracea, assim como o repolho, os brócolos, o romanesco, etc., cuja textura delicada e tenra exige cuidado e atenção na sua preparação. Pertence ao grupo Botrytis.

Separamos 3 receitas especificas e super fáceis de serem feitas. A atenção inicial precisa ser feita na hora de comprar a couve-flor: Dê preferência para escolher àquelas bem compactas, com cores mais claras, e evite as que possuem pontos escuros. Se elas ainda estiverem envolvidas nas folhas, observar a coloração do verde, que precisa estar mais vivo, e se elas não estão murchas.

Depois disso, reuna os ingredientes listados em cada receita, tire um tempinho para você e cozinhe em casa. Além de ser muito barato para o seu bolso, tenho certeza que vai acabar agradando a família, amigos e você mesmo.

Segue a lista com as três receitas escolhidas para essa semana.

Omelete de forno light

4dd6e1b573e48db09d203ab1c5c12617

Ingredientes:

  • 6 ramos de couve-flor cozidos ao dente cortados em pedaços pequenos
  • 4 ovos
  • Salsinha
  • 1 colher de café de sal
  • Uma pitada de pimenta
  • 1 colher de chá de fermento
  • 4 colheres de leite desnatado
  • 6 tomates cerejas cortados ao meio
  • 1/4 de xícara de mussarela ralada
  • 1/4 de xícara de gorgonzola em pedacinhos

Modo de preparo

Bata os ovos, a salsinha, o sal e a pimenta, reserve. Dilua o fermento no leite e misture aos ovos batidos. Unte uma assadeira quadrada pequena. Distribua os ramos de couve-flor no fundo da assadeira untada, por cima espalhe a mussarela e o gorgonzola. Por último acrescente os tomates cereja e cubra tudo com os ovos batidos. Leve ao forno preaquecido por 35 ou 40 minutos, até que doure por cima e esteja seco por dentro, teste com um garfo. Sirva com salada

Gratinado de Couve Flor

receita-de-couve-flor-gratinada-016

Ingredientes:

  • 1 couve-flor média cozida
  • 50g de queijo parmesão ralado
  • 50g de queijo mussarela
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 1 collar de sopa de margarina
  • 1 colher de sopa de farinha de trigo

Modo de preparo

Separe os galhos da couve-flor e cozinhe-os temperados com sal a gosto. Pré-aqueça o forno a 250°C. Unte um refratário com margarina e a farinha de trigo e separe. Em outra vasilha, misture o creme de leite e o queijo ralado.  Organize os galhos da couve-flor no fundo do refratário untado e, em seguida, deseje o creme. Em seguida, coloque a mussarela picada por cima. Leve ao forno por 30 minutos.

Arroz de Couve-flor

arroz-couveflor

Ingredientes:

  • 1 couve-flor grande
  • Sal à gosto
  • Azeite

Modo de preparo

Tire as folhas da couve flor e lave-a. Rale o alimento com o lado mais grosso do ralador e coloque em uma panela com água. Ferva por 3 minutos ou até ficar “al dente”. Retire toda a água e sirva misturado com azeite.

Obs: Para manter o alimento conservado por mais tempo, coloque-o dentro de um saco plastico perfurado na geladeira por no máximo 5 dias. Mas, atenção: remova as partes com pontos escuros e evite lavar, deixe para fazer isso no momento que for utiliza-lo para cozinhar. 

Depois de experimentar esses pratos, tenho certeza que vocês nunca mais irão falar mal da couve-flor. Sem contar que, além de irresistível e saboroso, o alimento é rico em nutrientes como cálcio e fósforo e possui quantidades apreciáveis de vitamina C.

Até o próximo post Gastronautas. Câmbio, desligo, Houston.

gastronauta-efe-suc3a1rez

Daniel Gravelli é um brazuca que parle français e roda uns filmes por aí. Apaixonado pelo universo da escrita, tem um caso com o teatro e morre de amores pelo cinema. Fotógrafo e crítico nas horas vagas, gosta de cozinhar, apreciar um bom vinho e trocar ideias interessantes.