Reino Unido em crise com seus relacionamentos.

Em dois anos, o Reino Unido teve o aumento de supostos delitos cometidos através de aplicativos de encontro como o Tinder e o Grindr, segundo a polícia britânica. Entre as inúmeras denuncias, há casos de assédio sexual à menores, violação e até tentativa de assassinato.

Segundo algumas pesquisas, os usuários estão vulneráveis à “extorsão sexual” e outras atividades ilegais, mas o problema é que muitas vítimas sentem medo ou vergonha de realizar a denuncia. Em 2013, ocorreu 55 denúncias na Inglaterra e no País de Gales relacionadas ao Grindr ou o Tinder. Em 2014, o número de acusações subiu para 204, e para 412 em 2015 até o mês de outubro, segundo a polícia. No ano passado, houve o total 277 casos das quais a rede social Tinder foi registrado, cerca de 13 vezes a mais do que ano de 2013, e 135 do Grindr, comparado à 34 denúncias em 2013. Isso até outubro de 2015.

O Conselho Nacional de Chefes de Polícia do Reino Unido estimulou as vítimas a buscarem apoio e denunciarem os ataques, também aconselhou aos usuários a não compartilhem nenhum tipo de informação pessoal até que possam ter certeza de com quem está conversando.

Assuntos do tipo são discutidos sempre ao redor do mundo, afinal o objetivo dos aplicativos é facilitar o encontro em pessoas que se interessem fisicamente e que tenham gostos parecidos com os seus para que possam se conhecer. O que acontece a partir daí pode ser um problema ou não. A conscientização é muito importante, se você não passa sua senha do banco à um estranho porque diria coisas pessoais? Olho aberto pessoal, seja no Reino Unido ou em qualquer lugar!

E não se esqueça: Manda nudes! Brincadeira gente.