11 de dezembro de 2019

O cinema francês invade o Brasil 

Nesse mês de junho o Festival Varilux de cinema francês estará marcando presença em 50 cidades brasileiras. Atores, diretores e produtores estão desembargando no país para o evento que conta com diferentes sessões, incluindo as especiais sessões educativas e de democratização em espaços alternativos do Rio de Janeiro, São Paulo, Brasilia e Belo Horizonte. Ao todo são 15 filmes inéditos, premiados em outros festivais, incluindo Cannes, e um grande clássico do cinema francês.

E para aproveitar esse momento cultural, extremamente importante para nosso país, a Califórnia Filmes, uma das grandes responsáveis pela distribuição de diferentes tipos de filmes em nosso país, incluindo uma grande gama de produções alternativas e independentes, comemora trazendo lançamentos imperdíveis produzidos na terra dos irmãos Lumière.

O cinema francês é destacado por uma grande variedade de críticos, como um dos melhores do mundo. abaixo, segue uma relação de ótimas produções que merecem ser vistas.

image002DOCE VENENO
Dois velhos amigos, Antoine e Laurent decidem fazer uma viagem juntos para uma região de praia, levando também suas respectivas filhas. No entanto, o que pareciam ser alguns bons dias de descanso em um belo lugar perfeito para relaxar vira uma grande confusão quando Louna, filha de Antoine, se apaixona por Laurent.

Direção: Jean-François Richet
Elenco: Vincent Cassel, François Cluzet, Alice Isaaz
Gênero: Comédia romântica
País: França / Bélgica
Ano: 2015
Duração: 105 min
Previsão de estreia: 07/07/2016

image010CHOCOLATE  – Destaque Festival Varilux

Rafel Padilha nasceu em Cuba em 1868 e foi vendido quando ainda era criança. Anos depois ele consegue fugir e é encontrado nas docas por um palhaço que o coloca nas suas apresentações. Em seguida, Padilha passa a ser conhecido como Chocolat, tornando-se o primeiro artista circense negro na França, um grande sucesso no final do século XIX.

Direção: Roschdy Zem – diretor estará presente no Festival Varilux
Elenco: Omar Sy, James Thiérrée, Clotilde Hesme
Gênero: Drama
País: França
Ano: 2016
Duração: aprox. 110 min
Previsão de estreia: 21/07/2016

image011UM AMOR À ALTURA – Destaque Festival Varilux

Diane, uma advogada, recém-solteira, recebe um telefonema de Alexandre, um arquiteto charmoso que ela nunca conheceu, e que irá ajudá-la a encontrar seu telefone perdido. Quando eles se encontram, a reunião toma um rumo inesperado.

Direção: Laurent Tirard
Elenco: Jean Dujardin, Virginie Efira, Cédric Kahn – A atriz Virginie Efira estará presente no Festival Varilux
Gênero: Comédia romântica
País: França
Ano: 2016
Duração: aprox. 98 min
Previsão de estreia: 04/08/2016

image012
A CORTE
 – Destaque Festival Varilux
Michel Racine é um juiz temido do Tribunal Criminal e comporta-se de forma tão dura consigo mesmo como é com os outros. Conhecido como o “juiz de dois dígitos”, sua sentença mínima é sempre maior que dez anos. Tudo muda quando Racine reencontra Birgit Lorensen-Coteret, uma antiga paixão que é escolhida como jurada em um novo caso que ele deve julgar.

Direção: Christian Vincent
Elenco: Fabrice Luchini, Sidse Babett Knudsen, Corinne Masiero
Gênero: Drama
País: França
Ano: 2016
Duração: aprox. 98 min
Previsão de estreia: 11/08/2016

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Daniel Gravelli

Daniel Gravelli é um brazuca que parle français e roda uns filmes por aí. Apaixonado pelos universos da escrita e da atuação, tem um caso com o teatro e morre de amores pelo cinema. Fotógrafo e crítico nas horas vagas, gosta de cozinhar, apreciar um bom vinho e trocar ideias interessantes.

Previous Na Espanha part. 7: Barcelona
Next Quer estar presente na pré-estréia do filme O Caseiro em São Paulo?

1 thought on “O cinema francês de braços abertos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Nomeado diretor do Ballet Du Nord, Olivier Dubois, faz curta residência na Cidade das Artes

15 de novembro de 2016
Close